Lista telefônica

Por Gilberto Schmitt - Jornal Cruzeiro do Vale

Por Gilberto Schmitt

01/06/2018

Corpus Christ

A procissão de Corpus Christi em Gaspar reuniu centenas de fiéis na manhã de quinta-feira, dia 31 de maio. O ponto forte foi no Centro da cidade. Como todos os anos, um enorme tapete foi estendido pelas ruas da cidade. Bonito de ver a participação da comunidade.

Posse

Na próxima quarta-feira, dia 6 de junho, Cleomir Sigel, da Tomio Imóveis, toma posse como coordenador do Núcleo Imobiliário de Gaspar. A solenidade está marcada para às 19h30, no Fazzenda Park Hotel. Com certeza, o Núcleo fica em boas mãos.

Ele voltou

Dizem que o bom filho a casa torna. E é por isso que o delegado Paulo Koerich vai voltar para Gaspar. Depois de atuar por dois anos frente à Divisão de Investigação Criminal de Gaspar, ele retorna para a Cidade Coração do Vale para somar esforços junto aos demais delegados que já atuam aqui. Dr. Paulo trabalhou em Gaspar entre 2004 e 2016 e conhece bem a nossa realidade. Sem sombra de dúvidas, vai fazer um ótimo trabalho. Os gasparenses vão recebê-lo de braços abertos.

Greve I

A união do povo brasileiro nos enche de orgulho. A paralisação, que teve início com um movimento dos caminhoneiros, tomou grandes proporções e já se estende por onze dias. Em Gaspar, algumas manifestações já aconteceram e reuniram centenas de pessoas. Algumas foram pacíficas. Outras, de entristecer...

Greve II

Algumas pessoas estão se aproveitando da situação para vandalizar a cidade. Na noite de quarta-feira, dia 30, a cena na Praça Getúlio Vargas foi terrível. Um grupo de moleques estava de bicicleta e tomou conta do espaço. Arremessaram um tijolo na porta da prefeitura e quebraram tudo. Se penduraram nos orelhões e, ainda, ameaçaram o pessoal do jornal, que assistia tudo da janela da redação. A PM foi acionada e logo chegou. Parece que pegaram dois marginais.

Nos postos

Os postos de Gaspar já estão com combustível à venda para a população. A gasolina começou a chegar, aos poucos, na quarta. É um alívio para a população. Apesar de apoiar a manifestação dos caminhoneiros, minha opinião é que os manifestantes não podem impedir a população de abastecer (como aconteceu na quarta).

 

Edição 1853

Comentários

Deixe seu comentário


Seu e-mail não será divulgado.

Seu telefone não será divulgado.