Lista telefônica

Por Gilberto Schmitt - Jornal Cruzeiro do Vale

Por Gilberto Schmitt

01/12/2017

Na manhã desta sexta-feira, 24 de novembro, os alunos do terceiro ano da Escola Frei Policarpo fizeram uma visita à redação do Cruzeiro do Vale. Atentos, eles ouviram a história do jornal e aprenderam um pouco sobre a produção das reportagens, cobertura de eventos e fotografias.
De acordo com Lidiane Reinert Wagner, diretora da instituição de ensino, o objetivo do passeio é complementar o conteúdo aprendido pelos estudantes em sala de aula. “Todos os anos, nesta série, as crianças entram em contato com a história do município e também das empresas que ajudaram a cidade a se desenvolver. Além de vir ao Cruzeiro do Vale, nós passamos pela prefeitura e pela Igreja Matriz”.


Dica...
A Arena Multiuso está com os portões fechados. Tudo começou errado quando o ex-prefeito Celso Zuchi desapropriou o terreno. A prefeitura quis comprar por uma bagatela. Não deu certo. O terreno vale milhões e está encrencado na Justiça. Inclusive com várias penhoras. Agora, estamos sem um lugar específico para realizar grandes eventos como o CTG, Stammtisch e outros. A solução é esquecer essa ideia de comprar o terreno, apesar de ser um ótimo lugar, e buscar outras opções. Uma delas seria aproveitar o terreno que pertence ao empreendimento do Beto Carrero, no bairro Poço Grande, bem próximo à Ponte do Vale. Um terreno amplo e que supri as necessidades de um Centro de Eventos. E o terreno está à venda. Isso significa que possivelmente não tem encrenca nele.

Os moradores da rua da Conceição, na localidade de Pocinho, em Gaspar, estão cuspindo marimbondos com a prefeitura de Gaspar. A rua não recebe as devidas manutenções, está esburacada e com muito capim. Além disso, o esgoto está entupido e retornando para dentro de algumas casas. É lastimável a situação. Está mais do que na hora da Secretaria de Obras dar uma atenção especial naquela rua, que é bem próxima com a divisa com Ilhota.

Perguntar não ofende
A Prefeitura de Gaspar vai fechar o ano com quantos milhões em caixa? E o Hospital de Gaspar, com quantos milhões de dívidas?

Cacho de butiá
Quem passa pela Rodovia Jorge Lacerda, na divisa entre Gaspar e Ilhota, vê no jardim da casa do morador Sandro Luiz Zimmermann um pé de butiá que chama muito a atenção. O pé possui vários cachos carregadíssimos da gostosa frutinha. O butiá é saboroso e pode ser comido cru. Os apaixonados por cachaça com frutas também fazem a mistura, que dá um sabor especial à aguardente.

 

Edição 1829
 
 

Comentários

Deixe seu comentário


Seu e-mail não será divulgado.

Seu telefone não será divulgado.