Lista telefônica

Por Gilberto Schmitt - Jornal Cruzeiro do Vale

Por Gilberto Schmitt

03/11/2017

Ouvindo os moradores
O prefeito Kleber Wan-Dall está indo, junto da trupi da prefeitura, ouvir a comunidade sobre as mudanças no trânsito.  Isso é bom, afinal somos nós os mais afetados com essas alterações. Mas, pelo que fiquei sabendo, os moradores estão indo a esses encontros com muitas ideias e perguntas. Tomara que a opinião do povo seja realmente levada em consideração. 

Tapa buraco


A Secretaria de Obras finalmente olhou para a Rua Anfilóquio Nunes Pires e seus buracos. Essa semana,foi realizada a operação ‘tapa buraco’. Realmente aquela rua estava intransitável. Era cada panelão que dava até pena dos veículos. Para resolver de vez, é necessário o recapeamento.

Refis
Foi prorrogado até o dia 20 de dezembro o prazo para que os contribuintes paguem ou negociem seus débitos atrasados com o município através do Refis. Até o final de outubro, 795 acordos já haviam sido realizados, somando um valor de R$2.938.538,31 para o cofre de Gaspar (contando valores recebidos e a receber).  

Servidores I
Na minha opinião, os servidores devem sempre lutar pelos seus direitos. Mas, preciso desabafar: em dia de greve, os servidores não trabalham... e nem eu! A manifestação é bem embaixo da janela do jornal e fica difícil atender qualquer cliente com a barulheira. Mas é por uma boa causa!

Servidores II
Falando em servidores, vamos esperar até segunda-feira para ver se a prefeitura e o Sintraspug entram em um acordo. Tomara que sim. 

Ele voltou
O golpe da lista telefônica voltou. Depois de fazer um bom dinheirinho sujo em 2008 e 2010, os criminosos voltaram a atacar em Gaspar. É preciso ficar atento a qualquer ligação estranha de pessoas pedindo para atualizar os dados cadastrais da empresa. 

De parabéns
A equipe que cuida da manutenção do cemitério está de parabéns. Estive visitando familiares e amigos que já partiram e fiquei contente em ver a limpeza e a organização. É assim que tem que ser!

Azul
Outubro chegou ao fim e o rosa dá lugar ao azul. O público alvo da vez são os homens e as campanhas são voltadas prevenção do câncer de próstata. Um dado importante: a cada 38 minutos, um homem morre vítima disso. 

 

Edição 1825

 

 

Comentários

Deixe seu comentário


Seu e-mail não será divulgado.

Seu telefone não será divulgado.