Lista telefônica

Arte ou crime? - Jornal Cruzeiro do Vale

Arte ou crime?

06/10/2017

Na última semana, o Museu de Arte Moderna de São Paulo promoveu uma exposição ‘artística’ interativa, na qual um homem completamente nu alternando diversas posições era cercado e admirado por crianças menores de 12 anos de idade. A nova proposta de arte do Museu causou enorme manifestação no Brasil, novamente com embate entre os adeptos x opostos.

Para aqueles que são favoráveis, a arte é livre, abstrata e infinita, não devendo censurar nenhuma prática. A técnica se renova todo tempo, acompanha as novas tendências, inclusive a LGBTS. Defendem que a nova proposta é a interação do público com a exposição. Propõem até que, a tentativa de censurar é uma violação da Constituição Federal, com o direito de ir e vir e da livre expressão.

Para os opositores, um homem nu cercado de crianças não tem nenhuma ligação com a arte, muito pelo contrário, seria um crime. Se todos saíssem de casa nu, sob fundamento de que estariam praticando a arte, qual seria o resultado? Pior, com meninos e meninas, que ainda estão na fase de brincar e estudar, no auge da inocência, desfilando com peladões em Museus.

Neste sentido, dispõe o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA – ARTIGO 240): produzir, reproduzir, dirigir, fotografar, filmar ou registrar, por qualquer meio, cena de sexo explícito ou pornográfica, envolvendo criança ou adolescente.

E você, levaria seu filho à exposição ou o autorizaria a participar e interagir com o homem nu? Acredita que esta prática é arte ou crime?

 

Edição 1821
 

Comentários

Deixe seu comentário


Seu e-mail não será divulgado.

Seu telefone não será divulgado.