Lista telefônica

Vacilões? - Jornal Cruzeiro do Vale

Vacilões?

15/09/2017

Na última terça-feira aconteceu em São Bernardo a audiência de instrução criminal da dupla que tatuou a frase ‘eu sou ladrão e vacilão’ na testa de um menor, supostamente autor de furtos no local. O fato ocorreu no dia 9 de junho de 2017e foi amplamente exposto na mídia.

Os próprios tatuadores filmaram a tatuagem na testa do infrator e postaram nas redes sociais. Entretanto, acabaram presos em flagrante pelo crime de tortura, situação que permanecem até hoje. O menor está solto e nunca foi preso ou investigado pelo suposto furto.

A Lei do Talião (1.780 a.C) nunca esteve tanto em evidência e na moda, principalmente no Brasil, esta Lei normalmente é expressada pela frase: olho por olho, dente por dente. Ou seja, a pena deve ser recíproca ao crime. Um dos argumentos de quem é a favor da pena de morte. Frequentemente nos deparamos com homens amarrados em postes e árvores sendo espancados por suas próprias vítimas ou como a eventual tortura dos tatuadores.

O crime de tortura prevê pena de 2 a 8 anos de reclusão, podendo aumentar em até 1/6 em caso de tormento contra menor. Por ser crime equiparado a hediondo a progressão de regime se dará após o cumprimento de 2/5 da pena, ou seja, entre aproximadamente 10 meses a 3 anos em regime fechado.

Na internet foram promovidas diversas ‘vaquinhas’ on-line: a primeira para ajudar na remoção da tatuagem do menor, tendo arrecadado incríveis R$35.262,66. O restante foi doado para a família do tatuado, este que estava desaparecido da família e era usuário de drogas. De outro lado, os apoiadores dos tatuadores, revoltados com o valor mencionado, resolveram criar uma ‘vaquinha’ para ajudar no pagamento dos advogados da dupla, resultado: angariaram R$ 7.350,00.

Como no Brasil quase sempre tudo é levado na brincadeira e acaba em pizza, a foto do menor tatuado virou ‘meme’ e até foi criado um aplicativo, onde você alterava o rosto e a frase tatuada, piadas com times de futebol, vida de casal, política e moda não faltaram.

Se a moda pega, vai ter dentista arrancando dente sem anestesia, serralherias serrando partes do corpo e eletricis ta dando choque.

Acredita-se, que até o final do ano seja proferida a sentença dos tatuadores, da qual caberá recurso.

E para você, quem é a vítima? Os tatuadores ou o menor?

 

Edição 1818
 

Comentários

Deixe seu comentário


Seu e-mail não será divulgado.

Seu telefone não será divulgado.