Lista telefônica

O verão e o alerta contra as pulgas - Jornal Cruzeiro do Vale

O verão e o alerta contra as pulgas

11/12/2015
O verão e o alerta contra as pulgas

O clima quente e úmido tradicionalmente favorece infestações de parasitas como pulgas e carrapatos em animais de estimação. Como o calor e a umidade facilitam a reprodução, os meses de dezembro a março configuram os mais críticos para cães e gatos. Nem mesmo pets criados dentro de casa estão livres do risco da ação desse tipo de praga. Confira abaixo algumas dicas para passar ileso com seu animal de estimação aos meses mais quentes do ano e aproveitar o verão ao lado do seu pet.

- Como cães e gatos pegam pulgas e carrapatos?
Há maneiras diferentes de infestações. O contato com outros animais é uma das mais comuns. Alguns cães pegam parasitas durante passeios por ruas e parques, além de visitas ao pet shop.

- Cães e gatos que são criados dentro de casa têm chances de contato com pulgas e carrapatos?
Sim. É importante saber que quando falamos de infestação por pulga, apenas 5% das delas estão no animal na fase adulta. Os outros 95% estão no ambiente, nas formas de ovos, larvas e pulpas. Os proprietários de cães e gatos levam essas pulgas para dentro de casa em seus calçados ou mesmo através do contato com outros animais infestados. Por isso, mesmo animais que raramente saem de casa devem usar produtos preventivos para pulgas e carrapatos.

- O que causam as pulgas e carrapatos?
Além da coceira – causada pela alergia a picada - as pulgas são responsáveis por transmitirem o Dipilidium canis (um tipo de parasita intestinal), puliciose (alta infestação por pulgas), que podem causar anemia principalmente em filhotes e em animais debilitados.

 

Fonte: Fabiana Zerbini, gerente técnica da Virbac, um dos 10 maiores laboratório veterinários do mundo e que produz o Effipro, parasiticida que elimina pulgas e carrapatos por contato, sem necessidade de os parasitas picarem os animais para morrerem.
 
Edição 1728