Lista telefônica

Greve dos servidores - Jornal Cruzeiro do Vale

Greve dos servidores

Os servidores municipais de Gaspar lotaram a Praça Getúlio Vargas na terça-feira, dia 31 de outubro. Eles estavam lá com um único objetivo: cobrar do Executivo Municipal o reajuste no auxílio alimentação e a continuidade do pagamento desde valor em folha de pagamento. A paralisação teve início logo pela manhã e se estendeu até o final da tarde. E às 14h, o prefeito Kleber Wan-Dall recebeu representantes do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Gaspar para uma nova rodada de negociações.

O resumo do encontro foi apresentado pela presidente do sindicato. Assim que deixou o gabinete do prefeito, ela assumiu a tribuna livre na sessão da Câmara de Vereadores (onde já tinha agendado sua fala), e informou a todos os trabalhadores em estado de greve que a luta pelos direitos se estenderia por, pelo menos, mais cinco dias. Wan-Dall e sua equipe cederam aos pedidos dos servidores mas, cobertos de justificativas e números, estão abertos a novas negociações na próxima semana. Enquanto isso, os servidores estão trabalhando em estado de greve. O que todos esperam é que essa negociação tenha um final feliz para os dois lados o mais rápido possível e que não aconteça mais uma paralisação. Afinal, quem paga a conta final é a população.

 

Edição 1825
 

Comentários

Deixe seu comentário


Seu e-mail não será divulgado.

Seu telefone não será divulgado.