Lista telefônica

Refugiados do Haiti fazem aulas de Português em Gaspar - Jornal Cruzeiro do Vale

Refugiados do Haiti fazem aulas de Português em Gaspar

02/10/2018
Refugiados do Haiti fazem aulas de Português em Gaspar

Fazer com que os refugiados do Haiti tenham mais facilidade em se firmar no mercado de trabalho. Este é o principal objetivo do curso de ‘Português do Brasil’ direcionado aos 60 haitianos que estão na cidade. As aulas iniciaram na semana passada e tem duração de três meses.

No primeiro módulo do curso, os estudantes vão aprender sobre raça, etnia, igualdade de gênero, trabalho, saúde, história e transporte público. Além disso, eles terão consultoria jurídica com Luiz Henrique da Silveira, servidor da Furb, que vai ajudar os refugiados no que diz respeito aos direitos na área de trabalho e cidadania. Conforme dados da diretoria do Instituto Federal de Santa Catarina, campus Gaspar, Ana Paula K. da Silveira, a cidade Coração do Vale abriga, hoje, aproximadamente 350 refugiados. Segundo a secretária de Educação de Gaspar, Zilma Benevenutti, é fundamental que os imigrantes saibam portugues para conseguirem um bom emprego e conhecerem seus direitos e deveres.

Além de Gaspar, outras cidades como Blumenau e Pomerode também estão ofertando este curso de forma gratuita.

Em Gaspar, esta é uma iniciativa da Prefeitura, IFSC, Conferência Vicentina e Associação Brahaitianos Unidos (ABHU).

 

Edição 1871

Comentários

Deixe seu comentário


Seu e-mail não será divulgado.

Seu telefone não será divulgado.