Lista telefônica

Como conciliar a rotina e o bem-estar? - Jornal Cruzeiro do Vale

Como conciliar a rotina e o bem-estar?

17/06/2017
Como conciliar a rotina e o bem-estar?
Por Geraldo Genovez 

Seja na idealização do corpo perfeito, na corrida pelo emprego dos sonhos ou nos percalços da saúde mental, a conquista desses objetivos rege a vida, ergue e também derruba muros. Ter bem-estar vai além daquilo ditado pelo senso comum: não é apenas ter dinheiro para viagens ou frequentar o shopping; é manter um corpo em funcionamento pleno e se privar desta condição pode ser considerado uma tortura. 

Rotina exaustiva 

A rotina exaustiva é um dos fatores que impedem a efetivação do bem-estar. De acordo com a psicóloga Eduarda Zimmermann Becker, isso acontece por conta da exaustão. A especialista afirma que, assim como há a preocupação em carregar a bateria dos equipamentos eletrônicos, as pessoas precisam priorizar manter a própria energia. “O ser humano deveria se preocupar também em se recarregar com sono tranquilo, boa alimentação e demais atividades que geram prazer”.


Deixar o bem-estar de lado para trabalhar exaustivamente é perigoso. E esta sobrecarga pode gerar doenças. Eduarda destaca a síndrome de burnout, um estresse crônico que tem origem no trabalho, mas em longo prazo afeta os demais convívios sociais. “A pessoa com burnout vivencia sentimentos de exaustão emocional, insatisfação com o trabalho e distanciamento das pessoas ao redor. Também pode haver ansiedade ou depressão. Com isso ainda pode surgir doenças de ordem física”, alerta.

Alimentação correta diminui o estresse

Todo mundo já ouviu falar no hormônio chamado cortisol, que, quando desregulado, pode prejudicar o sistema imunológico e afetar os níveis de açúcar no sangue, além de aumentar a pressão arterial. O que poucos sabem é que o organismo humano é frágil e ninguém está livre de desenvolver esses problemas. Segundo a nutricionista Jennifer Bernardo, a rotina pesada é um dos principais motivos citados por seus pacientes que têm estresse, condição desencadeadora de cortisol. A profissional aponta a alimentação saudável como uma forma de não abandonar o bem-estar. “É necessário um pouco de planejamento. O ideal é preparar as refeições em casa ou procurar estabelecimentos que sirvam comidas naturais e de qualidade”. 

Exercícios físicos evitam traumas e síndromes

Para o personal trainer João José Quintino Silva, ter a orientação dos profissionais da área da saúde é uma saída para manter o bem-estar presente na rotina. “Ter bem-estar físico significa ter um corpo funcionando em condições normais, ausente de qualquer trauma ou síndromes metabólicas. Por isso, é imprescindível a conscientização na hora de decidir o rumo de nossas vidas”. 


As mudanças na forma de levar a vida devem, na concepção de João José, ser de dentro pra fora. “Parece texto de livro de auto-ajuda, mas todos devem enfrentar o exercício físico como um hábito em suas vidas, assim como escovar os dentes e tomar banho”.

Curtir o bem-estar depois da aposentadoria

Quem hoje desfruta do tão esperado bem-estar é o representante comercial Hécio José Floriano, de 57 anos. Sua carteira de trabalho foi assinada aos 16 anos e, desde então, nunca mais parou. Recentemente, Hécio se aposentou e muitas coisas mudaram em sua vida. “Decidi continuar trabalhando para aumentar a renda lá em casa, mas agora num ritmo mais calmo. Quero curtir tudo o que conquistei e fazer valer a pena tanta dedicação”.



Apesar da preocupação em cuidar de 45 representantes e de viajar por todo o Brasil, seu bem-estar é prioridade. “Em viagem, procuro ficar em hotéis bons, com boa localização. Quando estou na empresa, tenho flexibilidade no horário de trabalho”.

 

Edição 1805

Comentários

Deixe seu comentário


Seu e-mail não será divulgado.

Seu telefone não será divulgado.