Lista telefônica

Falta de apoio faz Agapa suspender serviços em Gaspar - Jornal Cruzeiro do Vale

Falta de apoio faz Agapa suspender serviços em Gaspar

11/12/2018

Enfrentando a inexistência de verbas, omissão do poder público, carência de voluntários e ausência de colaboração da comunidade, a Associação Gasparense de Proteção e Amparo aos Animais (Agapa) suspende seus serviços na cidade. A decisão será mantida até fevereiro de 2019, quando uma nova eleição de diretoria deve acontecer. Caso não haja o número de voluntários suficiente, a entidade vai ser extinta.

Apesar da suspensão dos serviços, a ONG vai continuar responsável pelos animais que já estão em tratamento. Eles estão na casa dos membros da Agapa temporariamente e continuam precisando de um lar.

As dificuldades

Diversos fatores levaram a diretoria da Agapa a chegar a este ponto. Um dos principais fatores é a dívida que a Associação adquiriu. O valor passa da casa dos R$4 mil.

Em Nota Oficial, a diretoria da associação afirma que nunca recebeu apoio da Prefeitura Municipal de Gaspar e destaca: “Conforme a Constituição Federal, o município deve garantir amparo e proteção aos animais, sendo responsável pelo atendimento de ocorrências de denúncias, resgates e demais auxílios aos animais. Infelizmente, em Gaspar, não podemos contar com este apoio visto a ausência dos entes públicos em resolver estas situações”.

Em 2018

Somente em 2018, a Agapa realizou 39 resgates, 98 castrações com 50% de desconto à comunidade e também ajudas para famílias de baixa renda com o atendimento veterinário gratuito aos seus animais de estimação. Ao todo, foram gastos R$11.779,10. Para angariar fundos, foram promovidos dois eventos: o pedágio, com arrecadação de R$3.015,00; e a macarronada solidária, com arrecadação de R$5.634,80. A diferença do valor é a dívida da associação.

O que fazer?

Caso você precise registrar denúncias de maus-tratos aos animais ou solicitar resgates dos mesmos, acione a Polícia Civil pelo telefone 3332-1000; Polícia Militar através do contato 3378-8555; Corpo de Bombeiros no 3378-8511; ou Prefeitura Municipal de Gaspar no 3331-6300.

 

Edição 1881

Comentários

Jean Carlos
18/12/2018 13:48
Que triste noticia. Espero que numa cidade cheia de empresas como Gaspar, os empresários se unam e colaborem para que a AGAPA não seja extinta.

Deixe seu comentário


Seu e-mail não será divulgado.

Seu telefone não será divulgado.