Lista telefônica

Gasparense morre em grave acidente na BR-101 entre Itajaí e Balneário Camboriú - Jornal Cruzeiro do Vale

Gasparense morre em grave acidente na BR-101 entre Itajaí e Balneário Camboriú

14/10/2018
Gasparense morre em grave acidente na BR-101 entre Itajaí e Balneário Camboriú

Um grave acidente registrado na madrugada de domingo, dia 14 de outubro, tirou a vida do gasparense Otávio Schramm, mais conhecido como Vico. Ele estava em um automóvel Jetta que colidiu contra um cavalo na BR-101, entre Itajaí e Itapema, por volta das 3h.

Otávio estava no banco carona do carro, que era dirigido pela sua filha Hianaê Quintino Schramm, de 41 anos. No banco de trás estavam a esposa de Otávio, Claudete Quintino Schramm, de 65 anos; o filho Neander Quintino Schramm, de 40 anos; e o genro Marco Espanha, de 37 anos. Segundo informações, a família curtiu a noite de sábado na Oktoberfest, em Blumenau, e Hianaê ficou sem beber para dirigir o carro até Itapema. Em determinado momento do trajeto, um cavalo atravessou na frente do carro.

Com o impacto, Otávio faleceu devido ao peso do cavalo e os estilhaços do parabrisas. A esposa Claudete sofreu escoriações no rosto e quebrou um braço. Após o acidente, o cavalo caiu na pista e foi atropelado por um caminhão.

Otávio era neto do primeiro prefeito de Gaspar, Leopoldo Schramm; e cunhado do vereador Ciro André Quintino. Seu corpo foi velado na Capela Mortuária de Gaspar até a noite de domingo, dia 14. Após, foi levado para o Crematório São José, em Blumenau, onde haverá cerimônia às 10h30 de segunda, dia 15.

 

 

Ediçaõ 1872
 

Comentários

Marco Souza
16/10/2018 19:12
Não vou entrar no mérito do que causou o acidente . Vou Falar do Sr. Otávio e isso é muito Triste o ele foi uma das pessoas mais integras e corretas que tive o prazer de conhecer , trabalhar e aprender ! O Sr. Otávio mesmo muitas vezes trabalhando com pessoas que não mereciam ter a sua presença por perto, sempre foi uma voz de inteligência , prudência, solidariedade ,honestidade e humildade . Se existir um plano após a morte ele com certeza terá um ótimo lugar guardado ! Meus pêsames a Família !
Raul
15/10/2018 22:27
Sentimentos a família . poise os donos jamais aparecem ,quando bati em um boi em um rodovia no rio grande do sul e matei o boi mas não sofri nenhum arranhão porém destrui meu carro fui em busca do dono nas redondezas do acidente mas magicamente o animal não tinha dono.
Célio Pinto Barboza
15/10/2018 19:03
A concessionária que administra essa rodovia não tem capacidade para tal, na tarde de ontem (14/10/18) passamos pelo pedágio no sentido Balneario Camboriú a Curitiba e e nosso ônibus de turismo quebrou e ficamos por várias horas dentro do mesmo parado defronte a base da polícia rodoviária, e ninguém da concessionária e tão menos da polícia federal teve a capacidade de prestar algum tipo de socorro. Polícia Rodoviária nota zero, concessionária nota zero.
Marcelo Luiz da Silva
15/10/2018 10:04
Alem do já relatado no comentario acima, a pergunta de igual importância é: onde está o dono do cavalo. A rodovia está em mãos de concessionária que possui muita responsabilidade, mas o dono do animal tambem, independente se é carroceiro de reciclado ou proprietário de haras.
Roberto
15/10/2018 09:20
Onde está os responsáveis pela rodovia...esses acidentes pode ser evitado, num feriado onde família saem para passear...vem uma tragédia.. é lamentável o descanso do poder público.

Deixe seu comentário


Seu e-mail não será divulgado.

Seu telefone não será divulgado.