Governo anuncia que disponibilizará linha de crédito para caminhoneiros autônomos - Jornal Cruzeiro do Vale

Governo anuncia que disponibilizará linha de crédito para caminhoneiros autônomos

16/04/2019
Governo anuncia que disponibilizará linha de crédito para caminhoneiros autônomos

O governo federal anunciou na terça-feira, dia 16, que vai criar uma linha de crédito, por meio do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), que disponibilizará R$ 500 milhões para caminhoneiros autônomos. Também anunciou um investimento de R$ 2 bilhões em rodovias.

O crédito faz parte de um pacote de medidas para atender o setor de transporte de cargas do país. O anúncio foi feito no Palácio do Planalto pelo ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni. “Nós temos que lidar com uma realidade que é a escolha que o Brasil fez há cinco décadas, do modal rodoviário, e que precisa ser enfrentada para garantir respeito e valorização do trabalhador e o abastecimento da população brasileira”.

De acordo com o ministro, serão liberados R$ 500 milhões na linha de crédito, que poderá ser acessada pelos caminhoneiros primeiro nos bancos públicos, Banco do Brasil e Caixa, e depois nos “demais bancos e cooperativas de crédito de todo o Brasil.” Cada caminhoneiro terá direito a R$ 30 mil para comprar pneus e fazer a manutenção dos seus veículos, já que, de acordo com o ministro, a falta de manutenção de veículos é um dos principais problemas identificados em blitz da Polícia Rodoviária Federal, que impacta na segurança das rodovias brasileiras. "Manter as condições dos caminhões em ordem também tem um custo alto para os profissionais autônomos".

O empréstimo poderá ser feito apenas por caminhoneiros autônomos que tenham até dois caminhões por CPF.

Rodovias

Onyx afirmou que, dos R$ 2 bilhões para as rodovias, cerca de R$ 900 milhões serão usados para manutenção. Ele afirmou que as chuvas intensas do verão, aliadas ao transporte rodoviário, prejudicaram estradas em todo o país. "Historicamente, há muitos anos nós não tínhamos chuvas tão intensas e tão difusas no Brasil. Nós já não tínhamos uma manutenção das rodovias brasileiras".

O ministro da Infraestrutura, Tarcísio Freitas, informou que entre as obras previstas está a pavimentação da BR-163, que liga o Centro-Oeste ao Norte do país. A via é muito usada para transporte de carga até o porto de Miritituba, no Pará, mas enfrenta problemas como atoleiros, que geram filas de caminhões.

De acordo com o Ministério da Infraestrutura, os investimentos vão para:

- BR-381/MG: conclusão de 66 km

- BR-116/RS: conclusão de 69 km de duplicação

- Entrega da Ponte do Guaíba, no Rio Grande do Sul

- BR-163/PA: pavimentação até o porto de Miritituba

- BR-101/BA: duplicação de 84 km

- BR-242/MT: licenciamento ambiental e construção de 8 pontes de concreto que substituirão pontes de madeira

- BR-135/MA: complementação do trecho de Estiva a Bacabeira

 

Edição: 1897

 

 

 

 

Comentários

Deixe seu comentário


Seu e-mail não será divulgado.

Seu telefone não será divulgado.