Lista telefônica

Moradores de Gaspar devem receber carnês do IPTU no próximo mês - Jornal Cruzeiro do Vale

Moradores de Gaspar devem receber carnês do IPTU no próximo mês

12/01/2018
Moradores de Gaspar devem receber carnês do IPTU no próximo mês

Há quem diga que o ano só começa depois do Carnaval. Outros, dizem que ele só inicia após o pagamento do Imposto sobre a Propriedade Predial e Territorial Urbana, o IPTU. Por esse motivo, a comunidade gasparense deve ficar atenta aos prazos estipulados para quitar o pagamento de 2018. Neste ano, a previsão é de que os carnês sejam distribuídos entre a segunda semana de fevereiro e a primeira quinzena de março.

Os pagamentos do IPTU podem ser realizados de duas maneiras: em cinco parcelas, nos dias 20 de março, maio, julho, setembro e novembro; ou à vista, com desconto de 20%. Quem optar pelo pagamento em parcela única deve quitar a parcela até o dia 20 de março.

A Prefeitura Municipal de Gaspar estima que cerca de 22 mil carnês sejam distribuídos na cidade. Os moradores que por qualquer motivo não receberem o carnê em casa podem fazer a retirada na prefeitura. Em breve, será disponibilizado também o serviço no site www.gaspar.sc.gov.br, onde também será possível tirar dúvidas e imprimir a 2ª via do carnê.

O reajuste do IPTU 2018 foi atualizado com base no Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA). Este ano, o valor do imposto está 2,8% mais caro, levando em consideração o acumulado de dezembro de 2016 a novembro de 2017.

O IPTU pode ser pago no Banco do Brasil, Bradesco, Blucredi, Banrisul, Caixa Econômica Federal, Itaú, Viacredi ou em lotéricas.

Isenção e descontos

Existem três situações em que o cidadão é isento de pagar o IPTU ou ganha descontos. A isenção total é dada aos aposentados com renda de até dois salários mínimo e com imóvel de até 120 m² de área construída; e às propriedades de produção agrícola. Já os descontos, que podem chegar até a 70%, são destinados às propriedades localizadas em Área de Preservação Permanente, as APPs.

Para receber o benefício, é necessário que o proprietário o solicite até o dia 20 de março de 2018 no Departamento de Tributação. Além disso, há a necessidade de comprovação por meio de documentos. Veja:

Aposentados: comprovante de residência, comprovante de renda e carnê do IPTU do ano corrente.

Propriedades em Área de Preservação Permanente: acervo fotográfico da área preservada, croqui (desenho da área) e carnê do IPTU do ano corrente;

Propriedades de produção agrícola: matrícula atualizada do imóvel, cópia legível do comprovante de residência, cópia legível de nota de produtor rural e inventário do gado atual (obrigatório para áreas de pecuária). Apresentar cópia legível do contrato de arredamento caso possua esse documento.

 

 

Comentários

Deixe seu comentário


Seu e-mail não será divulgado.

Seu telefone não será divulgado.