Lista telefônica

Moradores do Belchior podem ir para a Unidade de Saúde da Margem Esquerda II - Jornal Cruzeiro do Vale

Moradores do Belchior podem ir para a Unidade de Saúde da Margem Esquerda II

09/11/2018
Moradores do Belchior podem ir para a Unidade de Saúde da Margem Esquerda II

Desde que a Unidade de Saúde da Margem Esquerda II foi entregue para a comunidade, a Prefeitura de Gaspar vem fazendo algumas mudanças no atendimento. No bairro Belchior Baixo, por exemplo, existe uma Unidade Extensiva que realiza atendimento quinzenal para a população. Com as mudanças propostas pela Secretaria de Saúde, a ideia é que os moradores do Belchior Baixo passem a ser atendidos na unidade da Margem Esquerda II e não mais na Unidade Extensiva, localizada na rua Vidal Flávio Dias.

O assunto foi tema de uma reunião na quarta-feira, dia 7 de novembro, entre os moradores e o secretário de Saúde, Roberto Pereira. Conforme explica o secretário, a conversa teve como objetivo ouvir as necessidades da comunidade e garantir que eles tenham direito de escolha. “Não estamos aqui para impor nenhuma decisão. Por questões técnicas, de estrutura, acreditamos que o atendimento seria muito melhor para as pessoas na Unidade da Margem Esquerda II. Mas, para que a mudança aconteça, essa vontade também tem que partir dos moradores”, garante.

O secretário ressalta ainda que até o fim deste ano a comunidade continuará sendo atendida normalmente no Belchior Baixo, podendo também se consultar na Margem Esquerda II. “Junto com os moradores, ficou decidido que vamos tomar uma decisão definitiva sobre essa mudança até o final do ano. Ou seja, em dezembro, junto com a comunidade, vamos decidir se a Unidade Extensiva continua em pleno funcionamento ou não. Porém, enquanto isso, os moradores que não puderem se deslocar até a nova unidade continuam sendo atendidos no Belchior Baixo”, explica Pereira.

Para a moradora Ana Juraci da Silva, manter a Unidade Extensiva no Belchior Baixo é importante. Porém, ela acredita que uma nova estrutura poderia atender melhor a comunidade. “Sabemos que muitas pessoas não tem carro. No fundo, nosso desejo é manter a unidade da Vidal Flávio Dias. Mas temos que continuar conversando com os moradores para chegarmos em um consenso. A unidade da Margem Esquerda tem uma estrutura nova, e a que temos precisa de muitos ajustes. Ainda teremos que decidir. Vamos aguardar a opinião do povo”.

 

Edição 1876

Comentários

Deixe seu comentário


Seu e-mail não será divulgado.

Seu telefone não será divulgado.