Lista telefônica

Números apontam melhoras no hospital de Gaspar - Jornal Cruzeiro do Vale

Números apontam melhoras no hospital de Gaspar

05/07/2018
Números apontam melhoras no hospital de Gaspar

Há cerca de um mês, o Hospital de Gaspar tem os serviços médicos sendo geridos por uma nova empresa: a Hórus Saúde. Desde então, a Prefeitura de Gaspar e a secretaria de Saúde acreditam que importantes avanços estão sendo conquistados. Para demonstrar em números, representantes da empresa apresentaram, esta semana, um relatório com os resultados dos primeiros 30 dias de trabalho na Casa de Saúde.

A principal mudança apontada no relatório é em relação ao aumento do número de médicos e também na carga horária dos profissionais. Anteriormente, o hospital ofertava um clínico geral 24 horas e outro que cumpria o horário das 9h às 21h, além de um pediatra das 8h às 14h. Agora, são dois médicos 24 horas no Pronto Socorro e o pediatra passou a atender das 7h às 19h. O médico ortopedistas, que antes atendia segundas e quartas-feiras, agora atende de segunda a sábado. De acordo com o relatório, são realizadas 20 consultas ortopédicas por dia com encaminhamentos, quando necessário, para cirurgia, totalizando uma média de 480 atendimento ao mês.

Outra mudança apresentada foi em relação ao médico ginecologista/obstetra. Antes, o profissional atendia pacientes acima de 20 semanas gestacional ou com queixa obstétrica abaixo de 20 semanas. Agora, ele atente todas as gestantes, independentemente da idade gestacional, das 10h às 22 horas.

Por conta dessas alterações, o tempo de espera para o atendimento no Pronto Socorro também diminuiu. Atualmente, quase 70% dos atendimentos ambulatoriais são feitos em até uma hora. Antes das mudanças, esse número era inferior a 50%.

O secretário de Saúde de Gaspar, Carlos Roberto Pereira, afirma que as mudanças são positivas. Porém, ainda são necessários novos avanços. “Acredito que nosso hospital ainda está longe do ideal. Mas tenho certeza que estamos no caminho certo. Afinal de contas, agora estamos conseguindo atender 70% das pessoas que procuram o hospital em casos que não são urgência e emergência em menos de uma hora. Isso não acontece nem em clínicas particulares. Mas eu acredito que podemos melhorar mais.  Vamos trabalhar para isso e estamos no caminho certo”.

 

Edição 1858

Comentários

Gasparense
05/07/2018 16:34
Puxaaa...isso sim que é Gaspar Eficiente....

Deixe seu comentário


Seu e-mail não será divulgado.

Seu telefone não será divulgado.