Lista telefônica

Ônibus são apedrejados em Blumenau - Jornal Cruzeiro do Vale

Ônibus são apedrejados em Blumenau

04/12/2017
Ônibus são apedrejados em Blumenau

Ônibus voltaram a ser alvo de vandalismo em Blumenau na madrugada desta segunda-feira, 4 de dezembro. O Serviço Autônomo Municipal de Trânsito e Transportes (Seterb) afirmou que pelo menos sete veículos foram apedrejados. Conforme a Polícia Civil, ninguém foi preso.

Os ataques foram nos primeiros horários de circulação, entre 4h e 5h, segundo a assessoria de imprensa da prefeitura de Blumenau. Quatro veículos foram apedrejados no bairro Garcia e outros três no bairro Aterro. Janelas, retrovisores e parabrisas foram danificados, informou um dos fiscais do terminal do Garcia. 

Após as primeiras linhas do dia terem sido atacadas, trabalhadores do transporte se reuniram, segundo a prefeitura, “para decidir o que seria feito para atender a população sem colocar os servidores em risco” e algumas regiões ficaram com os horários atrasados. No início da manhã, os horários estavam normalizados.

Ataques ao transporte coletivo

Na noite de sexta-feira (1º), um ônibus foi incendiado na cidade. Segundo o Corpo de Bombeiros, o fogo iniciou às 23h15 no bairro Progresso.

Três pessoas teriam abordado o motorista, dando disparos para o alto, ordenando que ele e o cobrador descessem do veículo. Não havia passageiros. Os pertences deles foram roubados e o ônibus, incendiado.

Na quinta-feira (30), entre 21h e 23h, onze ônibus foram apedrejados no município em 10 localidades diferentes. Conforme a Polícia Militar, dois motoristas se feriram com estilhaços de vidro. As janelas e parabrisas dos veículos foram alvo dos suspeitos. Ninguém foi preso.

Posto da polícia desativado atingido por tiros

Após a prisão de três suspeitos com arma de fogos em uma operação no bairro Escola Agrícola na tarde de sexta, um antigo posto policial foi alvo de cinco tiros. Testemunhas contaram que dois homens de moto atiraram contra o local. Ninguém foi preso.

 

Fonte: G1 Santa Catarina

Comentários

Deixe seu comentário


Seu e-mail não será divulgado.

Seu telefone não será divulgado.