Lista telefônica

Polícia Civil prende homem acusado de estuprar as filhas em Gaspar - Jornal Cruzeiro do Vale

Polícia Civil prende homem acusado de estuprar as filhas em Gaspar

07/03/2018
Polícia Civil prende homem acusado de estuprar as filhas em Gaspar

A Polícia Civil de Gaspar prendeu nesta quarta-feira, dia 7 de março, um homem de 42 anos acusado de abusar sexualmente das próprias filhas. Segundo informações repassadas pelo delegado responsável pelo caso, Jerônimo Marçal Ferreira, as investigações apontaram que o pai estuprava as filhas há alguns anos. Além disso, ele ameaçava fazer mal às meninas caso elas contassem o fato para alguém.

Ainda segundo o delegado, os abusos aconteciam quando o pai ficava sozinho em casa com as filhas. Após descobrir sobre a situação, a mãe das meninas realizou uma denúncia e a polícia prendeu o homem em sua residência, no bairro Gaspar Grande. Há algumas semanas ele abusou das meninas pela última vez. Hoje, as meninas têm 10 e 16 anos.

O inquérito do caso será concluído nos próximos dias e o homem ficará à disposição da justiça.

 

Comentários

Lourival
14/03/2018 09:00
Por que não coloca a cara do sujeito na foto?
Sr. Legalidade
13/03/2018 08:50
Não podemos esquecer que este homem é um ser humano, e deve ser observadas todas as suas garantias constitucionais. Este é um crime muito sério, que a Justiça e AlÁ julguem-o corretamente.

Acredito que os direitos humanos deveriam acompanhar este caso.
SARAVÁ.
Fábio Venhorst
09/03/2018 07:45
Nada que um comprimido de chumbo não cure...
Terezinha Alves Rengel
08/03/2018 14:07
Quanto a acompanhamento o Estado fornece sim atendimento às vítimas, porém este não é obrigatório e muitas delas não aderem ao atendimento. O atendimento é feito através do CREAS e do CAPS. Basta ser acessado. Com relação à lei que permite o meliante voltar às ruas em breve, o Código Penal realmente é de de 1940, lei 2848/40, porém a lei pela qual ele será julgado é a lei 12015/90, em seu art 217-A.
Maria
08/03/2018 13:27
http://www.justica.gov.br/sua-seguranca/seguranca-publica/analise-e-pesquisa/download/pop/atencao_humanizada_pessoas_situacao_violencia_sexual.pdf
ACarlos
08/03/2018 08:54
Verdade Luciano, logo estará nas ruas porque nossas leis, ou melhor, nosso código penal é da década de 40, totalmente incompatível com os dias de hoje.
Quanto a da assistência, o governo não está nem aí pro povo e nossos parlamentares que deveriam cobrar as ações do executivo, fiscalizar, estão mais preocupados em participar do executivo, criando emendas e trazendo migalhas para se fazerem de atuantes. Direitos humanos, a, eles estão de olho, mas não para confortar essas crianças, mas de olho na justiça, pra saber se o criminoso está sendo bem tratado na prisão.
luciano da cunha
07/03/2018 22:02
o que entristece é que o governo não da assistência médica, psicológica e psiquiatra para as vítimas, e o pior em menos de 1 ano ele estará na rua novamente.

Deixe seu comentário


Seu e-mail não será divulgado.

Seu telefone não será divulgado.