Lista telefônica

Projeto de ilhotense quer levar meditação para as escolas - Jornal Cruzeiro do Vale

Projeto de ilhotense quer levar meditação para as escolas

04/10/2018
Projeto de ilhotense quer levar meditação para as escolas

Respirar, refletir, buscar o autoconceito. Esses são os objetivos do projeto ‘Respirar – o caminho do coração’, que já está sendo realizado em Ilhota e, agora, está sendo trazido para Gaspar pelo terapeuta e estudante de parapsicologia Fábio Felisky.

Conforme explica Fábio, para as empresas o projeto tem o objetivo de eliminar cargas negativas e experiências pesadas no ambiente de trabalho. “Dentro das empresas, normalmente não há um momento para parar e refletir e respirar. O dia a dia vai fluindo de um modo que a gente nem percebe. Quando vê, já passou o dia e a pessoa entrou em estado de nervos, de estresse e de ansiedade, e o nosso corpo vai somando essas coisas, criando uma carga negativa”.

Em Ilhota, o terapeuta já deu palestras para os Bombeiros Voluntários, em todos os bancos da cidade e em creches. Em Gaspar, ele quer trazer a prática da meditação, terapia do som tigelas e terapia do abraço para as escolas. “Eu já estive em dois colégios de Gaspar conversando com os responsáveis. Minha intenção é espalhar esse projeto para o maior número de pessoas possíveis”, garante o terapeuta, defendendo que, mais do que aprender matemática, física e química, é importante que as crianças aprendam o autoconhecimento através da meditação.

 

Edição: 1871

Comentários

Deixe seu comentário


Seu e-mail não será divulgado.

Seu telefone não será divulgado.