Lista telefônica

Quartel de Gaspar recebe nome de bombeiro vítima de acidente na BR-470 - Jornal Cruzeiro do Vale

Quartel de Gaspar recebe nome de bombeiro vítima de acidente na BR-470

29/11/2018
Quartel de Gaspar recebe nome de bombeiro vítima de acidente na BR-470

Com o objetivo de homenagear um profissional que, no auge da sua carreira, teve seus sonhos interrompidos por conta de um acidente fatal, a Assembleia Legislativa de Santa Catarina (Alesc) aprovou a nova denominação do quartel do Corpo de Bombeiros de Gaspar: Maurício da Silva Valls, um nome tão forte quanto o homem que o tinha. O Projeto de Lei 0112.8/2018, proposto pelo deputado estadual Luiz Fernando Cardoso, mais conhecido como Vampiro, entrou em vigor no dia 22 de novembro.

Nas redes sociais, o parlamentar se emociona ao falar sobre a bonita trajetória do jovem bombeiro. “Mesmo depois de sua morte, continuou ajudando as pessoas sendo doador de órgãos. Por seu profissionalismo, companheirismo, conhecimento, amor ao próximo e, principalmente, pela empatia com a cidade de Gaspar, esta homenagem é mais do que justa”.

A nomeação foi recebida com muita felicidade pela corporação de Gaspar, que aguarda o encaminhamento do Comando Geral para a realização de uma solenidade oficial para marcar o momento. “Essa é uma forma de lembrarmos do grande profissional e pessoa que deixou amigos e irmãos por onde passou. Essa denominação não homenageia a sua morte, mas sim os feitos em vida deste cidadão que escolheu ser Bombeiro Militar e, com amor, empatia e comprometimento, realizar esse importante trabalho para sociedade”, afirma o tenente Douglas Tomaz Machado, comandante do Corpo de Bombeiros de Gaspar.

Quem também se emociona com a nomeação do quartel é o bombeiro Valmir Roberto Martins Junior, que foi amigo e colega de trabalho de Maurício Valls. “Tínhamos o soldado Valls como uma referência em atendimento pré-hospitalar, já que tinha formação em enfermagem. Ele vivia sorrindo. Tinha um bom humor inabalável e orgulho das tradições gaúchas”, comenta.

O homenageado

Maurício da Silva Valls sofreu um acidente na BR-470, em 2014, ao se deslocar para atender uma ocorrência. Ele foi retirado das ferragens pelos colegas de trabalho e conduzido pela ambulância do Samu até o Hospital Santa Isabel. Lá, permaneceu dois dias em coma. Após declarada a morte encefálica, sua última vontade atendida: seus órgãos foram doados para salvar outras vidas.

 

Edição 1879

Comentários

Miguel Ivan Valls
04/12/2018 11:22
Fico muito orgulhoso pela homenagen ao meu filho que tanto honrou essa farda e se dedicou a profissão de servir e ajudar aos outros.
Paulo Rogério Alves da Silva
30/11/2018 12:27
Tenho muito orgulho desse sobrinho que tão sedo nos deixou

Deixe seu comentário


Seu e-mail não será divulgado.

Seu telefone não será divulgado.