Lista telefônica

Terceira Idade gasparense em movimento - Jornal Cruzeiro do Vale

Terceira Idade gasparense em movimento

08/06/2018
Terceira Idade gasparense em movimento

Por jornalista Franciele Back

Fazer exercícios físicos deveria ser hábito na vida das pessoas. Mas, por conta da correria da rotina, essa prática acaba ficando em segundo plano. Com o passar dos anos, executar atividades simples do dia a dia se torna cada vez mais difícil. Mas, essa missão não é impossível de ser realizada e, na melhor idade, as atividades físicas ficam cada vez mais presentes. O morador do Belchior Central, Daniel Pamplona é a prova dessa realidade. Além de praticar o pilates, ele ainda aproveita para se movimentar no Clube de Dança do Belchior ‘Frei Otocar’.

Daniel começou a praticar exercícios há cerca de dois anos. Hoje, aos 81 anos, ele diz que as dores no corpo já melhoraram bastante. “Meus filhos insistiam o tempo todo para que eu me exercitasse. Comecei por causa deles. Antes, meus exercícios eram na lavoura, plantando arroz, trabalhando”. Além das atividades físicas, seu Daniel realiza com regularidade os exames médicos. “Todo ano eu faço o check-up, pois tomo remédio para diabete e pressão. É preciso estar em dia com isso também”.

O importante é se movimentar

Conforme explica a educadora física Carla Andréa Reinert Perroni, os idosos podem praticar qualquer tipo de atividade, desde uma caminhada até a musculação. Segundo ela, as atividades são adaptadas às necessidades do aluno. “Umas das reclamações mais frequentes dos idosos é dor nos joelhos, coluna e perda da força muscular. Com eles, é interessante trabalhar a coordenação motora, equilíbrio, força e a memória, já que, com o passar dos anos, é comum irmos perdendo”.

Em Gaspar, a prefeitura oferece atividades para a terceira idade no Centro de Convivência do Idoso, localizada no bairro Coloninha. Além das oficinas de artesanatos, jogos e danças, também acontece neste espaço a ginástica. Segundo a coordenadora da Melhor Idade, Andrea Schramm, cerca de 200 idosos participam desta atividade que é desenvolvida nos bairros. “A ginástica acontece não apenas no centro, mas também nos bairros, como é o caso do distrito Belchior, por exemplo. Lá, as aulas são feitas de forma gratuita todas as quintas-feiras, das 15h às 16h, no salão Harmonia”.

 

Edição 1854

Comentários

Deixe seu comentário


Seu e-mail não será divulgado.

Seu telefone não será divulgado.