Lista telefônica

Articulação da oposição elege Cleffi presidente da Câmara de Vereadores de Gaspar - Jornal Cruzeiro do Vale

Articulação da oposição elege Cleffi presidente da Câmara de Vereadores de Gaspar

19/12/2017
Articulação da oposição elege Cleffi presidente da Câmara de Vereadores de Gaspar

Reviravolta. Apesar de pré-definida a vitória de Franciele Back (PSDB), a presidência da Câmara de Vereadores de Gaspar será assumida por outro vereador em 2018. Uma mudança surpreendeu a todos durante a sessão desta terça-feira, 19 de dezembro: o vereador Silvio Cleffi (PSC) foi eleito com sete dos 13 votos válidos.  

Além de Cleffi, outros três vereadores vão compor a mesa diretora da Casa de Leis no próximo ano. Mariluci Deschamps Rosa (PT) será a primeira secretária e Evandro Carlos Andrietti (PMDB) o segundo secretário. A vice presidência ficou com o vereador Roberto Procópio de Souza (PDT), que foi eleito em segunda votação após empate com o vereador Francisco Hostins Junior (PMDB).

Logo após ser eleito, Silvio Cleffi conversou com a reportagem do Cruzeiro do Vale e falou dos planos para o próximo ano. “Primeiramente, pretendo dar continuidade ao que o vereador Ciro começou. Tanto na ampliação da estrutura da Câmara, para que possamos melhor atender a comunidade; e também na expansão dos serviços do Legislativo. Tenho certeza que nesse próximo ano conseguirei mostrar que isso é possível”.

Em 2017, Silvio Cleffi ficou na vice-presidência. Para ele, o cargo serviu como aprendizado. “Considero minha experiência na mesa diretora bastante positiva. Agora, tenho oportunidade de presidir e representar com ainda mais garra a nossa cidade. Que seja uma caminhada política de muitas conquistas para Gaspar. O povo gasparense merece o melhor”, conclui.

Acordo não cumprido: o episódio se repete

Ao que tudo indicava, a Câmara de Vereadores de Gaspar teria, em 70 anos, pela primeira vez uma mulher na presidência. Uma reviravolta de última hora, porém, fez com que a situação fosse invertida.

O episódio vivenciado na última sessão do ano na Câmara não é inédito. Há dois anos, a então vereadora Andreia Nagel colocou seu nome à disposição e concorreu à presidência. Ela firmou um acordo político com os demais partidos para que sua vitória fosse garantida. Porém, foi surpreendida e não recebeu a maioria dos votos. O mesmo acaba de acontecer com Franciele Back.

A jovem vereadora está em seu primeiro mandato e se mostrava confiante quanto ao cumprimento do acordo feito após as eleições do ano passado. Após o resultado da votação secreta, a vereadora usou a tribuna para mostrar sua indignação com a situação. “Quase deu certo. Quase elegemos a primeira mulher presidente. A Câmara mostra mais uma vez o quanto é machista e o quanto a palavra não vale nada pra alguns vereadores. Quero parabenizar a nova mesa e agradecer todos os vereadores que votaram em mim. Mas, o trabalho continua. E se tem uma coisa que eu sei fazer muito bem, é trabalhar”, diz.

 

Edição 1832

Comentários

Demetrius Wolff
22/12/2017 12:46
Na verdade enganaram a Franciele, havia um acordo para aprovarem o reajuste da taxa da Cosip que era de interesse do governo e em contrapartida um acordo para a presidência.
A Franciele cumpriu com os acordos.
O Dr.Silvio não cumpriu com os acordos, e se pensasse no povo teria votado contra o reajuste, ou seja, primeiro votou contra o povo e depois a favor de si mesmo.
Espero que a Franciele tenha aprendido a lição.
ACarlos
22/12/2017 10:43
É, agora fica bem claro, a câmara de vereadores não luta pela coletividade, independente de partido político, o que fazem é acordos entre partidos unicamente para defenderem o seu ladinho. A pergunta é, qual o problema de alguém se candidatar, seja da situação, seja da oposição ? Falta de ética ética esses acordinhos feitos pelos vereadores para manterem o poder, negociação de balcão. Democracia é justamente isto que o Dr Silvio fez, se candidatou, o que é um direito dele, não se importando com esses supostos acordos anti éticos, isto é, igualzinho ao presidente da república, negociação de balcão para manter o poder, e o povo, que se dane. Parabéns Dr Silvio, pela sua coragem...
Antonio
20/12/2017 10:45
Dr.Silvio é enganador, perdeu a credibilidade, depois dessa tenho receio de ir até no consultório dele....
Márcio
20/12/2017 09:53
ao RAUL SCHILLER

quem é vc para falar alguma coisa Raul, reflita sobre teu passado antes.
E tem mais, abre bem esse teu olho porque a Francieli quer dar a tua vaga para um eleitor dela. kkkkkkkkkkkkkkkkkkk
Ano que vem acho que vc perder essa teta aí, e bem a mando dela. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

PIXE
20/12/2017 08:47
PARABÉNS, FRANCIELE.
Só o fato de colocar o nome à disposição para concorrer à PRESIDÊNCIA DA CASA LEGISLATIVA, mostra a vontade e força eleitoral para trabalhar pelo município.
Fora da mesa diretora, haverão possibilidades de ter mais tempo em busca de recursos para nossa população.
Seu trabalho legislativo precisa e deve ser em prol desta população, que tem em seus legisladores bons exemplos.
A vida segue.
Adriana Strauss
19/12/2017 21:23
Quem trai cinco ou seis num acordo político, jamais é capaz de cumprir o que prometeu a centenas de eleitores. Quem comete traição, não comete uma só vez.
RAUL SCHILLER
19/12/2017 19:27
Hoje estou envergonhado de ter sido
Vereador em Gaspar.
RAUL SCHILLER
19/12/2017 19:15
Vai representar a cidade dele, dos corruptos, judas, etc, mas não a minha, da ética, da moral, da honestidade.
RAUL SCHILLER
19/12/2017 18:46
Por causa dessas atitudes oportunistas os políticos não tem credibilidade. Ora, um vereador de situação se aliar a oposição, que só sabe fazer oposição, ao governo, à cidade e a tudo que os outros apresentam, só pelo poder, falta de ética, uma vergonha.

Deixe seu comentário


Seu e-mail não será divulgado.

Seu telefone não será divulgado.