Lista telefônica

Câmara de Vereadores quer criar novo cargo com salário de R$8,8 mil - Jornal Cruzeiro do Vale

Câmara de Vereadores quer criar novo cargo com salário de R$8,8 mil

13/04/2018
Câmara de Vereadores quer criar novo cargo com salário de R$8,8 mil

Ao que tudo indica, em breve a Câmara de Vereadores de Gaspar terá em sua folha de pagamento um acréscimo de mais de R$8 mil por mês. Isso porque tramita na Casa de Leis um Projeto de Lei de autoria do vereador e presidente da Câmara, Silvio Cleffi que pede a contratação de um Procurador Geral.

Segundo o vereador, a contratação é necessária para que os trabalhos sejam realizados com mais fluidez. “Temos muito trabalho na Câmara e nossa responsabilidade jurídica é muito grande. Não podemos cometer erros e precisamos ter à disposição pessoas que entendem do assunto para nos assessorar sempre que necessário”, defende Silvio.

Hoje, a Câmara de Vereadores de Gaspar já possui três advogados que atuam na função de analistas jurídicos e são responsáveis pelos projetos que tramitam na Casa de Leis; e um procurador que coordena toda a parte jurídica da Câmara. Este novo cargo, segundo o vereador Silvio Cleffi, seria mais direcionado à presidência. Ele será um cargo de confiança, com salário de R$8.884,00 e terá carga horária de 30 horas semanais. “Tendo uma pessoa de confiança ao lado, o presidente terá a chance de acionar esse Procurador Geral a qualquer hora do dia, mesmo que não seja o horário de trabalho. Tenho certeza de que, se aprovado, os presidentes que estão por vir vão continuar com este novo servidor, porque ele terá muito a acrescentar”.

O Projeto de Lei que cria o cargo de Procurador Geral da Câmara de Vereadores de Gaspar já foi aprovado pela mesa diretora e deve ir à votação na Casa de Leis na sessão da próxima terça-feira, dia 17 de abril. O relator do projeto é o vereador Wilson Lenfers.

Caso seja aprovado, Silvio afirma que já tem três nomes em mente para o cargo. “Já estou em conversa com três pessoas que tenho certeza que vão desempenhar muito bem esse papel”.

Mais contratações

Além desse cargo, a intenção do vereador é criar, ainda este ano, mais um cargo: o de diretor geral. “Quero uma Câmara tocada de maneira mais rápida, ágil e eficiente. a Câmara de Gaspar é uma das mais enxutas da região e ela comporta a contratação de mais esses dois cargos”, garante.

 

Edição 1846

Comentários

Diogo
13/04/2018 13:18
Na minha empresa eu também tinha que ter mais uma pessoa para me ajudar, mas a realidade não permite, então hoje o Brasil está quebrado, se já há um procurador e três advogados, estes podem absorver os tralhados para ajudar a parte executiva da câmara. Soa até como deboche uma coisa destas. Se a câmara é enxuta, continue assim. Estamos de olho nos senhores.

Deixe seu comentário


Seu e-mail não será divulgado.

Seu telefone não será divulgado.