Lista telefônica

Marcelo Brick é pré-candidato a Deputado Federal - Jornal Cruzeiro do Vale

Marcelo Brick é pré-candidato a Deputado Federal

06/07/2018
Marcelo Brick é pré-candidato a Deputado Federal

Vereador de Gaspar na legislatura 2013/2016 e candidato a prefeito derrotado nas últimas eleições municipais, Marcelo de Souza Brick colocou seu nome à disposição como pré-candidato a Deputado Federal. Natural de Gaspar, ele é advogado formado pela Universidade Regional de Blumenau e possui duas especializações: uma em Controle da Gestão Pública, concluída na Universidade Federal de Santa Catarina; e outra em Políticas Públicas Municipais, feira na Uniasselvi.

Faltando alguns dias para as convenções partidárias confirmarem, oficialmente, os candidatos nas eleições deste ano, Brick se coloca como pré-candidato com o objetivo de fortalecer o nome de Gaspar e também com foco nas parcerias que pode firmar, caso eleito, visando o desenvolvimento da cidade. Confira na entrevista os planos do pré-candidato.:

Qual deve ser o foco da sua campanha?

Meu foco de campanha será, além de representar a região do Vale do Itajaí, colocar o nome da nosssa cidade em evidência. Todas as cidades que apresentam candidaturas ou possuem deputados estaduais e/ou federais naturalmente criam esta representatividade e, consequentemente, atraem mais a atenção para as demandas que possuem. Por isso, Gaspar merece e precisa iniciar este processo de ter seus candidatos. Precisamos pensar regionalmente e atuar localmente. Isso significa dizer que Gaspar precisa estar inserida neste processo regional e ter voz ativa. Sozinha não irá conseguir resolver os problemas que são regionais, a exemplo do nosso trânsito.

Qual será o polo de atuação para captar votos?

Com a saída do Deputado Federal Décio Lima e João Paulo Kleinubuing para disputarem as eleições na majoritária, o Vale do Itajaí se enfraquece muito sob o ponto de vista de representação. Com isso, abre um espaço para que surjam novas lideranças. Sendo assim, meu foco será nossa região do Médio Vale do Itajaí e, naturamente, Gaspar.

Quais seus projetos?

Pensando regionalemente, sempre defendi, inclusive quando candidato a prefeito em 2016, que não somos uma ilha. Isso significa dizer que Gaspar precisa interagir com as cidades da região. Criar, em parcerias com os demais municípios, soluções para o trânsito regional, transporte público integrado e segurança pública regional. Precisamos também tornar o nosso hospital referência em alguma especialidade. Pensando na cidade, Gaspar possui várias carências que, em conjunto com o prefeito, irei trabalhar com muito afinco para viabilizar recursos necessários.

Você acredita que a atuação como vereador de Gaspar vai ajudar na campanha a deputado federal?

Acredito que sim. Minha atuação como vereador, a campanha a prefeito, meu histórico pessoal... enfim, sou de família gasparense com muito orgulho. Minha avó sempre me diz para cuidarmos bem de nosso sobrenome, pois ele carrega a história de cada uma de nossa família. Além de estarmos vivendo um momento em que é necessário a participação de todos para ajudarmos o país a sair de atoleiro de corrupção.

Você espera apoio de outros partidos de Gaspar?

É natural que cada partido tenha seus candidatos e eles precisam ser ajudados. Mas, tenho grandes amigos em outros partidos. Acredito que conseguiria fazer uma eleição suprapartidária, aonde minha campanha representasse não somente uma sigla, mas uma cidade que merece ser reconhecida como a cidade Coração do Vale.

Diante do descrédito que os políticos sofrem por tanta corrupção, o que você pretende fazer para convencer o eleitor que é uma boa opção de voto?

Eu venho de uma geração que encara a política como uma missão. Um chamado. Todos nós temos a possibilidade de mudar este estado de descrédito em que vive a classe política através da participação popular, seja como candidato, como apoiador ou simplesmente na condição de eleitor. Me coloco como pré-candidato pelo o amor que sinto por Gaspar e pelo respeito que tenho por aqueles que torceram por mim em 2016.

 

Edição 1858

Comentários

Tá difícil
08/07/2018 22:29
Se Gaspar e região não se unirem jamais teremos um deputado, é daí fica 470 a ver navios e assim outras obras importantes necessárias. Será que não tá claro, precisa o que pra perceber o óbvio.

Deixe seu comentário


Seu e-mail não será divulgado.

Seu telefone não será divulgado.