Lista telefônica

Florianópolis e Joinville têm protestos contra aumento nas tarifas de ônibus - Jornal Cruzeiro do Vale

Florianópolis e Joinville têm protestos contra aumento nas tarifas de ônibus

10/01/2017
Florianópolis e Joinville têm protestos contra aumento nas tarifas de ônibus

Florianópolis e Joinville têm protestos contra o aumento da tarifa do transporte coletivo na noite desta segunda-feira (9). Os novos valores passaram a vigorar a partir de domingo (8) na capital e nesta segunda na cidade do Norte catarinense.

Florianópolis

A manifestação estava marcada para começar às 18h no Terminal Integrado do Centro (Ticen).

Perto das 19h, o grupo saiu em uma caminhada pela Avenida Paulo Fontes, segundo a RBS TV. Depois, entraram no Ticen pela pista usada pelos ônibus, sem passar nas catracas. Tudo ocorreu de forma pacífica.

De acordo com a PM, em torno de 100 pessoas participaram da manifestação, que terminou perto das 20h10.

O protesto é organizado pelo Movimento Passe Livre Floripa, que é contra o aumento da tarifa. O grupo também reclama da qualidade do serviço oferecido.

No domingo (8), a passagem de ônibus em Florianópolis aumentou de R$ 3,34 para R$ 3,71 para quem usa cartão e de R$ 3,50 para R$ 3,90 para pagamento em dinheiro.

Joinville

No terminal central, já havia um grupo de manifestantes às 18h35. Assim como em Florianópolis, o protesto estava marcada para começar às 18h.

A manifestação é organizada pelo Movimento Passe Livre Joinville. Em uma rede social, o grupo afirma ser contra o aumento e enfatiza o valor que deverá ser pago de ônibus por um única família para se fazer um passeio. O movimento defende que o transporte seja gratuito.

Segundo a RBS TV, seguranças do terminal e manifestantes chegaram a discutir e trocar empurrões, mas a situação foi resolvida. De acordo com a Polícia Militar, em torno de 50 pessoas participaram. A manifestação terminou perto das 19h20.

Nesta segunda, a passagem antecipada passou de R$ 3,70 para R$ 4 em Joinville. Para quem comprar direto com o motorista, o valor continua R$ 4,50.

 

Fonte G1 Santa Catarina

Comentários

Deixe seu comentário


Seu e-mail não será divulgado.

Seu telefone não será divulgado.