Lista telefônica

Iniciativa busca a preservação da floresta com araucárias em SC - Jornal Cruzeiro do Vale

Iniciativa busca a preservação da floresta com araucárias em SC

11/09/2018
Iniciativa busca a preservação da floresta com araucárias em SC

A floresta com araucárias, um ecossistema que faz parte da Mata Atlântica e que cobria praticamente todo o Sul do Brasil, conta atualmente com menos de 3% da sua cobertura original em bom estado de conservação. A "Iniciativa Araucária+", idealizada em 2013, busca encontrar novas maneiras de conservar esse ecossistema natural ameaçado.

De acordo com André Souza Noronha Nepomuceno, articulador de negócios sustentáveis da Fundação CERTI, a "Iniciativa Araucária+" é uma de rede de colaboração entre organizações e indivíduos que buscam, além da conservação da floresta, promover o desenvolvimento sustentável das comunidades associadas.

Podem colaborar da conservação da floresta, desde produtores que desejam se tornar mais sustentáveis, empresas que possuem uma visão alinhada ao desenvolvimento sustentável, startups que possuem tecnologias que podem auxiliar tanto para a conservação da natureza, quanto para o desenvolvimento das cadeias produtivas, pesquisadores que possam contribuir cientificamente e consumidores conscientes que busquem produtos de empresas que possuem essa preocupação.

“Atualmente, além de um grupo de mais de 80 produtores rurais, o projeto conta com cerca de 50 organizações em diferentes níveis de interação. É uma rede em que todos têm um papel fundamental”, destaca André.

Os recursos para manutenção vêm de fundações parceiras, que apoiam o projeto, e de bancos de fomento.

Conservando a Floresta

André explica que os produtores que se integram passam a produzir de acordo com um Padrão Sustentável de Produção e seguem um protocolo de compromisso com a conservação da floresta.

Entre os principais compromissos que os produtores assumem estão:

Não utilizar agrotóxicos;
Não realizar queimadas;
Extração limitada a no máximo 70% das folhas de erva-mate em cada planta;
Deixar 20% dos pinhões nas araucárias como forma de disponibilizar alimento para a fauna;
Padronização de trilhas de acesso, por exemplo.
Onde atua
Desde que começou a "Iniciativa Araucária+" atua focada na região da Serra Catarinense. Recentemente ampliou a área de atuação para a região do Corredor Ecológico de Chapecó, e Norte do Rio Grande do Sul.

“A ampliação para essas e outras regiões depende de parceiros de mercado que demandam insumos por meio da rede. O objetivo destas parcerias é acelerar as ações de conservação deste ecossistema”, destaca André.

Mais de 6.700.000m² de floresta estão sendo conservados por meio da iniciativa.

Reconhecimentos recebidos

Em 2014, o projeto foi selecionado pelo Centro de Estudos em Sustentabilidade da Escola de Administração de Empresas da Fundação Getúlio Vargas (FGVces) como case de inovação em desenvolvimento local em territórios com atuação de grandes empresas.

No ano seguinte, em agosto de 2015, foi certificado pela Fundação Banco do Brasil como Tecnologia Social, constando no Banco de Tecnologias Sociais.

Em outubro de 2016, o Araucária+ foi o grande vencedor na categoria Natureza do Prêmio von Martius promovido pela Câmara de Comércio Brasil-Alemanha.

Em 2017, conquistou o Troféu Onda Verde do Prêmio Expressão de Ecologia na categoria “Tecnologias Socioambientais", promovido pela Editora Expressão. E no mesmo ano, recebeu o Certificado Fatma de Gestão Ambiental na categoria “Recuperação de Áreas Degradadas”.

 

Fonte: G1 Santa Catarina

Comentários

Deixe seu comentário


Seu e-mail não será divulgado.

Seu telefone não será divulgado.