Jucesc disponibiliza requerimentos digitais e garante agilidade aos usuários - Jornal Cruzeiro do Vale

Jucesc disponibiliza requerimentos digitais e garante agilidade aos usuários

05/05/2019

Dando continuidade ao projeto do Governo Sem Papel, a Junta Comercial do Estado de Santa Catarina (Jucesc), vinculada à Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável (SDS), passa a operar com requerimentos digitais, o que garante aos empreendedores, segurança e celeridade, além da redução significativa de custos aos contadores e empresários. A iniciativa fortalece uma nova era na Junta Comercial, que passa a atuar com processos digitais em 97% das situações.

“Avançamos na relação com os usuários, quando praticamente todos os serviços prestados pela Junta Comercial ocorrem por meio digital. Isto evidencia o quanto Santa Catarina está consolidando um caminho de inovação e de tecnologia para facilitar a atividade dos empreendedores”, avalia o presidente da Jucesc, Juliano Chiodelli.

Além da agilidade, da economia e da sustentabilidade, com menos papel, ocorre ainda a facilidade de acesso aos moradores das cidades onde não há um escritório Regional. A partir de agora, podem protocolar os processos por meio da internet, usando o celular, tablet ou computador.

“É um avanço importante e mostra que estamos no caminho certo, usando da tecnologia e da inovação para facilitar a vida do empreendedor que aposta suas economias no Estado e contribui para o desenvolvimento econômico e sustentável”, avalia o secretário da SDS, Lucas Esmeraldino.

Respostas ágeis

Com isso, os usuários passam a ter um tempo de resposta muito mais rápido em andamentos que antes poderiam levar até 15 dias e, agora, podem ser resolvidos em até algumas horas. Um avanço considerável e perfeitamente adequado ao conceito de Governo Digital implantado pela atual gestão estadual.

Por meio de um certificado digital, o usuário passa a usufruir de todos os serviços oferecidos pela Junta Comercial. Chiodelli ressalta ainda que este trabalho mostra a viabilidade de implantar, num curto espaço de tempo, a abertura de empresas em até 24 horas.

 

Edição 1900

Comentários

Deixe seu comentário


Seu e-mail não será divulgado.

Seu telefone não será divulgado.