Lista telefônica

Defesa Civil de Gaspar se diz preparada para atender população em caso de enchente - Jornal Cruzeiro do Vale

Defesa Civil de Gaspar se diz preparada para atender população em caso de enchente

05/06/2017
Defesa Civil de Gaspar se diz preparada para atender população em caso de enchente

A chuva que caiu em toda a região nos últimos dias e a previsão de uma grande quantidade de chuva para este início de semana estão colocando à prova os trabalhos da Defesa Civil e, consequentemente, da nova equipe de governo. Comandada pelo superintendente Rafael Araújo de Freitas, a equipe trabalha em regime de plantão 24h por dia e atua de forma preventiva na cidade.

Com a possibilidade de uma enchente para a noite desta segunda-feira, 5 de junho, quando a previsão é de que o rio Itajaí-Açu atinja, em Gaspar, a marca de 7 metros acima do nível normal, Rafael afirma que a Defesa Civil de Gaspar está preparada para dar o suporte necessário à população. “Trabalhamos focados na preparação. Ou seja, estruturamos mecanismos para garantir o atendimento necessários em uma enchente. Temos um grupo de agentes voluntários; finalizamos o plano de contingência, que é o documento que mostra as secretarias e órgãos que atuam em caso de enchente; estamos melhorando a equipe e nos preparando cada vez mais. Podemos afirmar, sim, que estamos preparados para lidar de forma técnica na gestão de uma enchente”.

Hoje, a Defesa Civil de Gaspar conta com dois veículos, 15 bateras reformadas recentemente, reserva de lona, cadastramento de 21 abrigos, gestores de abrigos, grupo de voluntários, e previsão orçamentária para situações de emergências. Apesar de não possuir caminhões próprios, em casos de emergência a Defesa Civil conta com a frota de veículos da Secretaria de Obras, Samae, Ditran e Secretaria de Agricultura. “Caso precise, acionaremos o Grac, que é composto por todas as secretarias, e faremos a coordenação de toda sãs ações. Toda a frota da prefeitura será colocada à disposição da Defesa Civil”.

Voluntários

A Defesa Civil de Gaspar criou, em janeiro deste ano, um grupo de voluntários. Ele possui cerca de 60 pessoas, que vão realizar capacitações mensais para garantir uma resposta rápida e técnica em caso de emergência. “Eles atuam, principalmente, na gestão de abrigos; atendimento na central 199; e levando mantimentos ou retirando pessoas em vulnerabilidade, sempre acompanhados de profissionais qualificados”, explica o superintendente Rafael Araújo de Freitas.

No dia 27 de maio, eles participaram de uma capacitação de manipulação de bateras.

Cotas

As cotas de enchente por rua são sempre um assunto polêmico em Gaspar. A cidade ainda não possui uma relação que informe com que nível do rio as ruas são atingidas. “Estamos trabalhando na busca dessa ferramenta. Hoje, o setor de planejamento busca a viabilização da carte de cheias junto ao Ceops Furb, que é o órgão que fez a carta de cheias de Blumenau”.

Apesar da falta da carta de cheias, enchentes que já atingiram Gaspar levam a crer que, a partir dos 7,20 metros, as primeiras casas começam a ser atingidas pela enchente. “Esse dado pode até ser preciso, mas é baseado em históricos anteriores, não em estudos técnicos”, revela Rafael.

Abrigos

A cidade possui 22 locais que podem ser utilizados como abrigo em caso de enchente. Eles estão passando por vistorias desde o início do ano para comprovar se realmente estão aptos a receber a população.
Confira ao lado a relação de abrigos:

Salão Cristo Rei - Já vistoriado
Capela Santa Terezinha -Já vistoriado
São Sebastião - Já vistoriado (em reforma)
Escola Dolores Kraus - Já vistoriado
Sociedade União - Já vistoriado
Escola Anacleto Cardoso - Já vistoriado
Escola Agenor Zimermann - Já vistoriado
Sociedade Tamandaré - Aguarda vistoria
Frei Godofredo - Já vistoriado
Ginásio Bunge alimentos - Já vistoriado
Capela Bom Jesus - Aguardando vistoria
Capela São Cristóvão - Já vistoriado
Capela Virgem de Nazaré - aguardando vistoria
Imaculada Conceição - Aguardando vistoria
Capela Santa Catarina- aguardando vistoria
Sagrado Coração de Jesus - Aguardando vistoria
Nossa Senhora do Rosário - Aguardando vistoria
Comunidade Santo Antonio - Aguardando vistoria
Escola Rodolfo Gunther - Aguardando vistoria
Capela são Brás - Aguardando vistoria

 
Edição 1803



Comentários

Deixe seu comentário


Seu e-mail não será divulgado.

Seu telefone não será divulgado.