ONG de Gaspar lança catálogo com animais disponíveis para adoção - Jornal Cruzeiro do Vale

ONG de Gaspar lança catálogo com animais disponíveis para adoção

02/08/2021
ONG de Gaspar lança catálogo com animais disponíveis para adoção

Você sabia que, atualmente, a Associação Gasparense de Amparo e Proteção dos Animais (Agapa) monitora cerca de 20 bichinhos em lares temporários? Os cães e gatos ficam em casas de voluntários até que encontrem uma família responsável para viver pelo resto da vida. Essa é uma das estratégias para diminuir o número de animais nas ruas e garantir que eles estejam em segurança no processo de adoção.

Para expor o perfil de cada um, voluntários da ONG produziram um catálogo completo e organizado. Vale destacar que, apesar dos animais serem apresentados desta forma, não devem ser comparados a mercadorias. Pelo contrário... Todos os cães e gatos precisam ser vistos como um novo membro da família ou um grande amigo. Isso mesmo! Seres vivos que merecem respeito, precisam de uma série de cuidados e muito, mas muito amor.

Rafael Araujo de Freitas, presidente da Agapa, explica que esse material promete facilitar os interessados a encontrarem um bichinho que seja compatível à estrutura que eles têm para oferecer. "Quem conferir o catálogo tem informações como o porte, média de idade e comportamento dos amigos de quatro patas, por exemplo". Além disso, a relação conta com imagens. Assim, é possível conhecer a carinha fofa de cada um.

A fala de Rafael vem de encontro com a opinião de Maria Alice Spengler, vice-presidente da entidade. “O catálogo facilita a divulgação desses casos, além de poder tornar o processo de adoção mais simples e divertido”, conta. Ela reitera que para folhear o catálogo basta entrar em contato com a Agapa nas redes sociais. O PDF do material será disponibilizado no Instagram e Facebook, além de circular com a ajuda dos voluntários.

Responsabilidade

Muito se fala sobre a causa animal, mas pouco se sabe a respeito dessa luta diária. A Agapa cumpre um papel extremamente importante na sociedade. O trabalho voluntário, não tem preço, mas um grande valor. O que cada membro da ONG espera no final do dia é deitar a cabeça no travesseiro sabendo que o cachorro resgatado encontrou uma família afetuosa ou que o gato atropelado se recupera bem após uma cirurgia, por exemplo.

A equipe quer a garantia da segurança dos bichos que vivem nas ruas. E sabe qual é o principal empasse? Justamente tirá-los de lá... Procuram-se, incansavelmente, pessoas conscientes das responsabilidades e que estejam dispostas a adotar. Mas não é da noite para o dia que esse problema pode ser solucionado. Enquanto isso, estratégias como o catálogo são colocadas em prática.

Outras formas de ajudar

Nem todo mundo tem condições de adotar um animal. Mas ajudar a causa é algo que a maioria das pessoas pode fazer. Seja com doações de qualquer valor para que a ONG consiga arcar com as despesas mensais; se voluntariando para participar ativamente na prestação dos serviços pela cidade; se disponibilizando para ser um lar temporário; ou até mesmo divulgando as demandas da entidade.

Siga a Agapa no Instagram (@agapagaspar) e curta a página no Facebook (/agapagaspar).

 

Quer receber notícias direto no seu celular? Clique AQUI e entre no grupo de WhatsApp do Cruzeiro do Vale 

 

Edição 2013

 

Comentários

Deixe seu comentário


Seu e-mail não será divulgado.

Seu telefone não será divulgado.