Olhando a Maré - Jornal Cruzeiro do Vale

Por Herculano Domício

18/12/2021

Tortura e liberdade I

O Tribunal de Contas do Estado de Santa Catarina acaba de lavar a minha alma. Foram sete incríveis anos de silenciosa espera. Nem apareci lá. Tudo feito por políticos contra terceiros para cravar corrupção neles, anular meus negócios lícitos e com isso gerar prejuízos à minha família. Tudo porque não vendi, ou aluguei uma vírgula da minha alma, boca e pena a esta gente indecente, capaz ao vilipêndio físico, moral e financeiro a quem - como cidadão - os fiscaliza. Comprei do governo do estado um terreno no Distrito Industrial de Gaspar diante de um leilão que ninguém apareceu na primeira praça e só eu, na segunda. O PT, por meio do então prefeito Pedro Celso Zuchi o desapropriou. E os vereadores José Amarildo Rampelotti e Antônio Carlos Dalsochio me constrangeram na Câmara - tudo gravado. José Hilário Melato, como presidente dela, formalizou a denúncia. Torturaram-me usando outros - incluindo especuladores e corretores imobiliários. Eles, aliás, já se bandearam para os do atual poder de plantão. Apesar de tudo isso, não conseguiram limitar à minha liberdade de pensar e opinar aqui e no blog.

Tortura e liberdade II

Na sexta-feira, dia dez, o Diário Oficial TCE trouxe o resumo do que políticos inventaram: vícios, erros e dúvidas dos agentes do governo do estado no leilão e que eles não tiveram condições ou capacidade de participar. Nada. Nadinha de nada. Arrematei pelo mínimo porque ninguém o queria em algo público e bem divulgado. Leilão aberto. Simples assim. "Ao arquivo" e com a relatoria do mais duro promotor do TCE,  Gerson dos Santos Sicca. Um alívio com uma assinatura daquele que não deixa dúvidas. De verdade? Este nem era o objetivo dessa gente que colocou os vendedores para se explicarem. Era o de me desmoralizar, dizer que eu era tão podre quanto os que eu aponto, era o de causar prejuízos, era o de me castigar, era me obrigar ao arrego. Esse pessoal, que me mede pela régua deles, afundou o caminho e congestionou as linhas de comunicação com Florianópolis ao longo desses anos em todas as repartições para me manchar como sempre quiseram com gente limpa. O dia da verdade, finalmente, chegou: 28 de outubro quando se conheceu quem eram, mais uma vez, de verdade, os impostores.

Tortura e liberdade III

"Importa novamente trazer à luz que toda a instrução processual, que já se arrasta por mais de 6 anos, diz respeito à suposta alienação de imóvel público em valores abaixo de mercado. No entanto, após a oitiva de todos os envolvidos e responsáveis pelo ato administrativo, não restou comprovada tal suspeita. Mas, ao contrário, foi possível constatar que a alienação transcorreu com normalidade, atendendo a lisura esperada e em atenção aos princípios correlatos, como legalidade, publicidade e transparência. Não há indício que os laudos de avaliação produzidos pela SEA ou pela Bescor subavaliaram o imóvel. Restou comprovado que aquele era o seu valor de mercado à época. Também não há indício de que a licitação tenha sido direcionada para um determinado adquirente, ou que se promoveu conluio entre agentes públicos e interessados privados para fins de dilapidação do patrimônio do Estado, nem prejuízo ou danos ao erário. Além disso, a publicidade do edital se deu de forma também regular", diz textualmente um trecho do longo parecer onde se reconhece tratar-se de uma retaliação política. E não é só isso; de caráter.

Tortura e liberdade IV

Mas, as bestas de Gaspar, diante de tudo isso, ainda não estão satisfeitas. Estão armando. Já adianto que não vou mudar de lado, não vou me calar ou compor. Agora vou cobrar caro - e quem vai pagar, infelizmente, são os pagadores de pesados impostos - o que já perdi impedido aos investimentos que projetei quando adquiri o imóvel. Essa gente, deve estar acostumada ao que me acusa e não conseguiu provar, ou comprovar. Tentou-se apenas usar as suas influências políticas com os que se afinam, ou têm rabo preso, para unicamente me prejudicar. Sempre temeram à verdade. Apenas isso. Incrível é saber que ainda há em instituições obrigadas à decisões, que aceitam este papel para criar narrativas e prejuízos a limpos. O TCE - por meio da sua promotoria e seus técnicos - acaba de dizer - e com muitos anos de atraso - aos incautos incuráveis de Gaspar que não é parceiro deste tipo de atentado. Mas, meus algozes e feiticeiros continuarão na sua saga.

Tortura e liberdade V

O que este caso mostra? Que há ladrões da dignidade alheia, da verdade e da liberdade de expressão contra os que não se dobram aos objetivos de grupos políticos organizados e interesses contrariados. Essa gente é capaz de tudo. E neste meu caso, não teve o menor pudor, constrangimento e discernimento na perseguição cega ao envolver dezenas de servidores e agentes políticos estaduais só para me atingir e punir. E toda essa gente que orquestrou esta armação travestida de transparência está aí na praça, mesmo em supostos lados opostos. Ela está em busca de votos para continuar na perpetração de perseguições como a que relatei, a quem não se dobra aos seus caprichos políticos, de poder ou submissão. Afinal, o tempo é o senhor da razão. Acorda, Gaspar!

TRAPICHE

O MDB quer abrir duas vagas em 2022 na Câmara de Gaspar com o mapeado José Carlos de Carvalho Júnior para a secretaria da Saúde e a outra, com Francisco Solano Anhaia, para o Samae. Ele quer, mas tem gente que está colocando defeitos ferroviários.
 
A morte do "papai noel" Carlos Rogério da Costa, 71 anos, na Margem Esquerda, em Gaspar no domingo passado, além da tragédia em si, e notícia nacional, revelou outra e rotineira omissão: a das autoridades. Elas estavam obrigadas a impedir à exposição de todos naquele caminhão, exigindo o simples cumprimento do Código Nacional de Trânsito. São solidários do resultado.
 
Gaspar é um ente estranho. O prefeito e o vice estão de férias, para dar como paga ao presidente da Câmara que fez da Casa um puxadinho incondicional, como titular do Executivo. Mas, a maioria das fotos e ações, os três juntinhos. Que férias são estas? Não pegou bem!
 
Neste sábado e domingo acontece a tradicional Feira Entre Amigos de produtos e artesanatos coloniais, no Arraial do Ouro, em Gaspar.
 
Obrigado pela leitura neste 2021 neste espaço. Feliz Natal a todos vocês, aquele do sentido cristão. O ano de 2022 promete. Estarei vigilante e polêmico por vocês, principalmente os que estão obrigados ao silêncio e não tem como se expressar.
 

Esta é a última coluna. Mas, estarei de plantão no blog www.olhandoamare.com.br - o mais acessado de Gaspar e Ilhota.

 

 

Edição 2033

Comentários

Herculano
12/01/2022 16:37
Marcos, boa tarde.

Realmente é algo assustador como estão conduzindo a Saúde Pública em Gaspar

E quem sofre é o cidadão e quando reage é perseguido

Se a imprensa não registra, eu além de registrar comento e enfrento as feras que não querem nada divulgado e comentado.

Use o link acima ou entre no seu smartphone, tablet ou desktop www.olhandoamare.com.br, salve nos seus favoritos e entenda a sua cidade
Marcos
12/01/2022 08:51
Falta de respeito com o cidadão Gasparense, principalmente com os idosos e pessoas com comorbidades. Transferiram o centro de vacinação do Covid da arena multiuso que possui cobertura e cadeiras para o Centro de Convivência do Idoso, que não possui nenhuma condição. Não tem cobertura, não tem cadeiras para o pessoal sentar. A cena que viu no dia de hoje era aglomeração e pessoas no sol.
Herculano
07/01/2022 15:10
VOCÊ ACOMPANHADO COMO OS POLÍTICOS MALTRATAM OS DOENTES DE GASPAR, APESAR DA EXECPICIONAL MONTANHA DE DINHEIRO QUE DESTINARAM PARA A ÁREA?

SE A IMPRENSA NÃO CONTA ISSO PARA VOCE O Blog www.olhandoamare.com.br conta.

clique no link acima ou digite no endereço eletrônico que passei. Pode ser do seu smartphone. Não é preciso um laptop, tablet ou computador.
Herculano
20/12/2021 08:38
Depois desta aula de sacanagens dos políticos e dos poderosos de plantão de Gaspar, que você leu acima, você no link ou no www.olhandoamare.com.br pode entender porque o meu rabo não está preso a essa gente e porque eles tanto temem a minha liberdade de expressão

A imprensa de Gaspar continuará de férias e o blog estará de plantão para melhor esclarecer os incautos e manipulados eleitores e eleitoras. Acorda, Gaspar!

Deixe seu comentário


Seu e-mail não será divulgado.

Seu telefone não será divulgado.