Menino que sobreviveu a ataque a creche em Saudades sai da UTI e se recupera - Jornal Cruzeiro do Vale

Menino que sobreviveu a ataque a creche em Saudades sai da UTI e se recupera

06/05/2021
Menino que sobreviveu a ataque a creche em Saudades sai da UTI e se recupera

O menino de um ano e oito meses que ficou ferido durante o ataque a creche em Saudades, no Oeste de Santa Catarina, saiu da UTI. Isso é o que informa o boletim médico emitido pelo Hospital Regional do Oeste, divulgado no início da noite de quarta-feira, dia 5 de maio.

A criança foi transferida para o Hospital da Criança, em Chapecó. Seu quadro é estável e ele segue em recuperação.

Ferimentos

Durante o ataque, o pequeno foi atingido com golpes de facão e teve cortes na bochecha, lábios e barriga. Além disso, ele teve perfuração em um dos pulmões. Ele passou por cirurgia e precisou ser internado na UTI.

O criminoso

Fabiano Kipper Mai, de 18 anos, autor do atentado, segue internado na UTI do Hospital Regional do Oeste, em Chapecó. Conforme boletim médico, ele está sedado e se recupera de uma cirurgia.

Lembre o caso

Armado com um facão, Fabiano Kipper Mai, de 18 anos, entrou em uma escola infantil de Saudades, no Oeste do Estado, por volta das 10h de terça-feira, dia 4 de maio, e matou três crianças e duas mulheres.

A professora Keli Adriane Aniwcevski, de 30 anos, foi a primeira a ser atacada na entrada da escola. Mesmo ferida, ela correu para a sala onde estavam quatro crianças, todas com menos de dois anos. O assassino alcançou a professora e matou ela e três crianças.

Uma agente educacional que estava na escola no momento do crime também foi morta.

Fabiano tentou atacar outras professoras e crianças. Porém, os adultos conseguiram trancar a porta da sala e proteger os pequenos. Uma criança ficou ferida e foi levada ao hospital.

No momento da chegada da polícia, vizinhos haviam contido o criminoso. Ele deu golpes no próprio corpo e tentou tirar a vida, mas foi socorrido e levado ao hospital em estado grave.

 

Quer receber notícias direto no seu celular? Clique AQUI e entre no grupo de WhatsApp do Cruzeiro do Vale 

 

Edição 2001
 

Comentários

Deixe seu comentário


Seu e-mail não será divulgado.

Seu telefone não será divulgado.