Lista telefônica

Artigos - Jornal Cruzeiro do Vale

6 dicas para uma liderança extraordinária

15/12/2017 09:23
Por Eduardo Shinyashiki, presidente do Instituto Eduardo Shinyashiki, mestre em neuropsicologia

No fim do ano, todos nós costumamos parar para fazer um “balanço” e tentar entender se cumprimos as nossas metas. Isso, claro, vale para os assuntos pessoais, porém é a nossa trajetória profissional que, geralmente, está no centro das atenções. Para aqueles que ocupam cargos de liderança, então, reviver os passos do último ciclo é fundamental.
Será que você foi um bom líder? Para responder a essa pergunta, é importante entender que liderança é um tema bastante complexo. Tornar-se gestor é o sonho de muitos profissionais, mas, depois de alcançá-lo, é preciso evoluir diariamente para mantê-lo. É preciso entender que liderar é uma competência que pode ser adquirida, aprendida, desenvolvida e treinada.

A seguir, listo seis passos fundamentais que devem ser seguidos pelos líderes. Veja se foi possível cumpri-los em 2017 e inspire-se para tonar 2018 um ano repleto de realizações:

Saber liderar a si mesmo: significa fortalecer as competências pessoais para manter o foco e para que as interferências não desviem do resultado e da realidade desejada;

Ter atenção ao capital humano: reconhecer as experiências e competências das pessoas da equipe é fundamental para a concretização de resultados. A valorização de um ideal, um sonho, a capacidade de estimular nas pessoas entusiasmo, criatividade, dedicação, o sentimento de pertencer a algo, enfim, os valores chamados intangíveis, que não se medem em números ou com calculadoras, são considerados essenciais na construção e na manutenção de equipes sólidas e bem sucedidas;

Inspirar a equipe: isso acontece quando se consegue partilhar com os colaboradores uma identidade comum que direciona atitudes e catalisa energias. O líder indica a direção e verifica a rota, transmite a missão e o significado da tarefa e das ações, orientando e, consequentemente, harmonizando os objetivos e metas individuais com a coletiva;

Fazer acontecer: o foco do líder é manter vivas nos colaboradores as extraordinárias forças criativas, inovadoras e sinérgicas capazes de fazer planos saírem do papel. É por meio de atitudes e palavras motivadoras que ele consegue manter a equipe focada nos objetivos, criando um equilíbrio que contribui para ultrapassar os limites individuais e, juntos, alcançar resultados;

Estar aberto a aprender: o líder também precisa estar atento e aberto ao novo, às mudanças e sempre disposto a aprender. Isso permite se reinventar, inovar e criar as estratégias adequadas para alcançar as metas;

Alcançar a maestria na comunicação: a comunicação é uma habilidade fundamental para alguém que lidera pessoas com a finalidade de uma maior compreensão, entendimento e alinhamento com os colaboradores. Por meio de uma comunicação eficaz, o líder fortalece nas relações interpessoais e no seu time um contexto de cooperação e integração. Aprimorar e potencializar a comunicação verbal e não verbal permite compreender, reconhecer e acompanhar os critérios pelos quais o ser humano pensa, age e decide.

 
Edição 1831

Comentários

Deixe seu comentário


Seu e-mail não será divulgado.

Seu telefone não será divulgado.
 

Artigos

Ao longo de toda a história, as civilizações sempre manifestaram a sua atividade criativa por meio de formas culturais.

Há poucos dias, pesquisadores da Universidade de Cambridge no Reino Unido anunciaram a descoberta da menor estrela conhecida, um pouco maior do que Saturno, a estrela EBLM J0555-57Ab.

14/07/2017

É aqui!

Quando um trabalho é honesto e feito com dedicação, o resultado é sempre positivo. Exemplo disso, toda a equipe da Moendão Cachaçaria comemora o destaque conquistado na Expo Cachaça, que aconteceu em Belo Horizonte no mês passado.

Nos primeiros meses desse ano o Brasil registrou um tímido recuo no número de falências decretadas.

No início do mês de abril de 2014, este jornal noticiou com o destaque merecido, que o juiz Marcio Schiefler Fontes tinha sido convocado para o alto posto de juiz instrutor criminal do Supremo Tribunal Federal.

A Base Nacional Comum Curricular (BNCC) - proposta de padronização curricular e de transformação do ensino formal em um processo de troca, de construção de conhecimento mais humanizado - tem potencial para modificar o cenário da educação no Brasil.

Ao brincar, a criança exerce sua criatividade livremente. Ela experimenta gostos, prazeres, sons, cria imagens e até com os aromas ela faz experiências que a entretêm.

“É fácil a confusão entre união estável e namoro, já que, por ser ela um fato social, a sua prova decorre de atos que externam convivência pública, cujos atos também são externados quando do namoro ou mesmo do noivado...”