Editorial - Jornal Cruzeiro do Vale

Editorial

Embora a administração municipal de Gaspar tenha cedido às pressões dos donos de quadras de futebol, enfrentando uma determinação estadual sobre a proibição dos jogos, não teve forças ou interesse para buscar uma solução para as creches particulares, os CEIs do município.

Vivendo em uma realidade dura em meio à paralisação, os proprietários desses estabelecimentos, na maioria das vezes vivendo exclusivamente dessa receita, estão há 180 dias sem abrir. Os prejuízos são enormes, até porque uma portaria municipal que buscava uma alternativa de gerar receita acabou aumentando os custos e intensificando a crise.

A realidade é que, legalmente, os Centros de Desenvolvimento Infantil (CDIs)precisam aguardar até 13 de outubro, prazo estipulado pelo governo do estado para a volta às aulas. Até lá, todos seguem sem atendimento e sem possibilidade de entrada de receitas.

As alternativas buscadas passam por suspensão de impostos municipais, linhas de crédito e muita criatividade. São estruturas enxutas e que já não têm de onde cortar. mas o que falta mesmo é diálogo e bom senso para avaliar a situação, que já é bastante delicada.

 

Edição 1969

Comentários

Deixe seu comentário


Seu e-mail não será divulgado.

Seu telefone não será divulgado.
 

Leia Mais

18/09/2020

Editorial

11/09/2020

Editorial

28/08/2020

Editorial

14/08/2020

Editorial

31/07/2020

Editorial

24/07/2020

Todos de branco

17/07/2020

Editorial

10/07/2020

Editorial

03/07/2020

Editorial

26/06/2020

Editorial