Lista telefônica

Artigos - Jornal Cruzeiro do Vale

ONU, o referencial do mundo!

22/09/2017 09:50
Por Cícero Maia, professor.

A Organização das Nações Unidas – ONU é uma instituição internacional composta por 193 Nações do planeta que, juntas, se comprometem a zelar pelo bem-estar da população do mundo procurando preservar os valores que dão dignidade à vida de todas as pessoas.

Essa Instituição é presidida, atualmente, pelo senhor Antônio Guterres, português, funcionário de carreira dessa considerada casa que está atenta a todo o tipo de anomalia natural ou social que possa interromper ou impedir a paz tão necessária à saúde mental de toda a população.

A ONU procura participar da solução dos problemas internacionais por meio de comissariados como o ACNUR, ou seja, o Alto Comissariado da Nações Unidas para Refugiados. Este visa a socorrer pessoas que, por questões alheias a suas vontades, tiveram de deixar os seus países e andar, mundo a fora, como pessoas sem pátria à procura de um lugar para estabelecer as suas vidas. O Brasil tem socorrido, na medida do seu possível, os refugiados vindos da Venezuela que está sendo transformada aos poucos em uma Nação sem condições de abrigar os seus nacionais em função de decisões que afastam os mesmos para fora de suas fronteiras.

O Haiti foi vítima, há tempos atrás, de um abalo sísmico que destruiu o país. A ONU, deslocou para lá um contingente de profissionais para amenizar o sofrimento daquele povo vítima de uma explosão da natureza. No caso do Haiti, a contribuição brasileira foi a de enviar um contingente militar para promover a ordem social no meio daquele caos de destruição e desespero das famílias que perderam tudo.

A ONU promove agora a 72ª (septuagésima segunda) Assembleia com vistas à busca de uma vida decente para todos considerando a sustentabilidade do Planeta. Por força de tradição, o Brasil continua sendo o país que abre esta sessão anualmente. Somos um país, forçosamente, vistoso pelas nossas características particularidades como, por exemplo, continentalidade, pacificidade, muitíssimo bem integrado à comunidade internacional onde, na medida do seu possível, contribui com o desenvolvimento de todos por meio do comprometimento de acordos internacionais os quais faz parte e que visam promover o bem da comunidade internacional.

O Brasil abriu a presente sessão fazendo referência ao seu momento econômico e social alvissareiro informado a todos que os horizontes que se descortinam são motivadores e confiantes.

 

Edição 1819

Comentários

clarice maia
23/09/2017 20:34
gostei muito do comentário sobre a importância da ONU, por que estamos vivendo um conflito mundial, e temos este grande órgão que tenta pelo menos manter um diálogo para
nos confortar num momento tão confuso.

Deixe seu comentário


Seu e-mail não será divulgado.

Seu telefone não será divulgado.
 

Artigos

A data de amanhã, dia 1° assinala a passagem do quarto aniversário da morte do Dr. Helio Barbosa Fontes, um dos primeiros advogados nascido em Gaspar. 

A imprudência no trânsito mata cerca de 45 mil pessoas por ano no Brasil e deixa aproximadamente 600 mil com sequelas permanentes, conforme aponta o Ministério da Saúde.

A rapidez com a qual os eventos se sucedem no mundo dos negócios pressupõe a agilidade a informatização das empresas em geral.

Por que estamos nesse marasmo econômico e social tão grande, se temos uma estrutura natural sócio cientifica muito bem montada que nos permite viver e conviver, de alguma forma, com inúmeras situações adversas e até enfrentá-las com alguma segurança?

03/03/2017

Luz nas ruas

É uma realidade que ruas iluminadas trazem mais conforto e segurança para a população passear pela cidade durante a noite.

Em novembro, o Senado aprovou o PLS 405/16, um projeto de lei que visa reabrir o prazo para adesão ao Regime Especial de Regularização Cambial e Tributária de Bens e Direitos Não Declarados (RERCT) instituído pela Lei 13.254/2016. 

Incentivadores da leitura chamam a minha atenção. Muito. Tenho uma enorme admiração por quem se dedica a proporcionar leitura a quem não tinha acesso a ela, das mais diversas maneiras. 

A operação Lava-Jato continua fazendo um estrago fenomenal, benéfico e minucioso no coração dos descaminhos da corrupção no Brasil.

Um dos países com a maior riqueza em biodiversidade do mundo, o Brasil abriga, ao lado de outras 16 nações, 70% das espécies existentes.

A classe política brasileira passa a certeza que o objetivo que a move é o puro interesse político-eleitoral sem importar-se com o país em si. Os políticos sempre em busca de cargos e de poder, dedicam tempo em conchavos, negociações e arranjos. Puro oportunismo.