Lista telefônica

Nissan March: para o seu dia a dia - Jornal Cruzeiro do Vale

Nissan March: para o seu dia a dia

08/01/2016
Nissan March: para o seu dia a dia

De origem japonesa, a Nissan apresentou uma nova motorização para o compacto March com motor 1.0 e 3 cilindros.

Com 77 cavalos, tanto na gasolina como no etanol, ele é 3 cv mais potente do que o antecessor. O torque, nos dois casos, é de 10 kgfm. Além da força adicional, a novidade também é mais leve e moderna. O bloco é de alumínio e o tanquinho de partida a frio foi dispensado.

Por trás do novo motor, está a filosofia da Nissan no país, na ponta da língua dos executivos da marca, de querer ter o reconhecimento pela qualidade e durabilidade dos carros.

Se antes, os 10 kgfm só estariam disponíveis em 4.350 rpm, agora ele é integral já em 4.000 rpm.
O March apresenta equilíbrio, tanto no desempenho, como nas vibrações. O desempenho, mesmo com ar-condicionado ligado, não decepciona. É claro que enfrentar ladeiras poderá exigir reduções de marcha, mas isso não é demérito, considerando o motor diminuto e a potência. Em relação a vibração e ruídos, o March é menos “agitado”. 

Consumo

A economia de combustível é uma das premissas dos motores de 3 cilindros. No teste, o  computador de bordo do March registra a média de 16,1 km por litro de combustível, com gasolina, em um percurso urbano com velocidade média de 60 km/h, quase sempre feito em quarta marcha.

A Nissan divulga que a média é de 10,3 km com 1 litro de combustível na estrada e 8,8 km/l na cidade, quando o hatch é abastecido com álcool.

O March, que já apresentava bom custo benefício quando equipado com motor de 4 cilindros, ficou ainda mais atraente. Mais do que a melhoria no desempenho, o hatch ficou mais agradável de dirigir, sobretudo na cidade.

Predicados March

Estacionando: câmera de ré, integrada ao painel da central multimídia de última geração, garante segurança e facilidade às suas manobras.

Segurança: o Nissan March possui um sistema de airbag duplo de série e cintos de segurança dianteiros com pré-tensionadores e limitadores de carga.

Performance: design arrojado, tecnologia de ponta e atenção a cada detalhe fazem dele um carro perfeito para acompanhar o ritmo da cidade.

Conforto: direção elétrica progressiva com menor raio de giro e comandos de áudio. Ar-condicionado digital que mantém a temperatura no interior do carro constante.

 

Edição 1731