Editorial - Jornal Cruzeiro do Vale

Educação Especial

Em 2019, a Secretaria de Educação de Gaspar mudou a forma de trabalhar com os estudantes especiais nas instituições de ensino municipais. Nesse início do ano letivo, os professores especialistas no atendimento em questão já começaram a lecionar junto com os auxiliares e as demais professoras em sala de aula.

A medida recebeu o voto de confiança da maioria dos pais e responsáveis pelos alunos portadores de algum tipo de necessidade. Essa mudança vai afetar os estudos de aproximadamente 270 crianças, de acordo com a última contagem realizada pela pasta. Ou seja, a educação de um grande grupo está em jogo.

A comunidade espera que as orientações do professor de Educação Especial, em conjunto com o acompanhamento em tempo integral, sejam benéficas e não prejudiquem o percurso estudantil das crianças e adolescentes especiais. Só assim, com a inclusão e o respeito, Gaspar vai crescer mais justo.

 

Edição 1888

Comentários

Deixe seu comentário


Seu e-mail não será divulgado.

Seu telefone não será divulgado.
 

Leia Mais

05/10/2018

Consciência

21/09/2018

Desemprego

14/09/2018

Dia da Cachaça

03/08/2018

Recomeço

O editorial desta semana se baseia na comprovação que sim, nós falamos a verdade, investigamos os fatos, buscamos dados concretos e fazemos o possível e, às vezes, até o impossível, para entregar o melhor.