Lista telefônica

Vereadores de Gaspar aprovam Lei Orçamentária - Jornal Cruzeiro do Vale

Vereadores de Gaspar aprovam Lei Orçamentária

30/11/2018
Vereadores de Gaspar aprovam Lei Orçamentária

As áreas de Educação, Saúde e Planejamento Territorial estão no topo dos investimentos em Gaspar em 2019. Isso porque foi aprovado por unanimidade entre os vereadores da cidade a Lei Orçamentária Anual do próximo ano, que prevê a receita e fixa as despesas do município no que diz respeito ao exercício financeiro.

Com uma inflação projetada de 4,5%, o projeto elaborado pelo Executivo Municipal prevê uma receita total de R$256.798.300,00 milhões em Gaspar em 2019. O orçamento compreende os poderes Legislativo e Executivo, Fundação de Esportes e Samae e nenhuma despesa pública pode ser executada fora do previsto e aprovado pelos vereadores. 

Maiores valores

Para o próximo ano, a Secretaria de Educação detém o maior orçamento entre as secretarias, ficando com R$61.346.500,00 milhões. Este número que representa um aumento de 3% quando comparado ao valor de 2018.

Em seguida, aparece a Secretaria de Planejamento Territorial, que ficou com pouco mais de R$45 milhões. A terceira pasta com mais orçamento em 2019 é o Fundo da Saúde, com R$43.425.000,00.

Maiores aumento

Em termos de aumento, a Procuradoria Geral do Município é destaque. A pasta aumentou em 120% seu valor máximo de despesas e pode gastar, durante 2019, o valor de R$6.081.200,00. Em seguida aparece a Secretaria de Planejamento Territorial, que está também entre os maiores valores orçados, com um aumento de 26%; e a Câmara de Vereadores, que fixou em 24% o aumento e chegou a casa dos R$8.803.500,00.

Redução

Enquanto algumas pastas tiveram aumento dentro da Lei Orçamentária Anual, outras tiveram redução nos valores. Este é o caso da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, que teve uma redução de 23%, ficando no valor de R$1.467.000,00. A segunda maior redução é vista na Secretaria de Fazenda e Gestão Administrativa, com 21% de redução e um orçamento máximo de R$21.009.302,00.

Despesas por órgão

Secretaria de Educação:
R$ 61.346.500,00 (aumento de 3%)

Fundo de Saúde:
R$ 43.425.000,00 (aumento de 6%)

Secretaria de Planejamento Territorial:
R$ 45.466.598,00 (aumento de 26%)

Secretaria de Obras e Serviços Urbanos:
R$ 26.685.950,00 (aumento de 3%)

Samae:R$ 23.100.000,00 (aumento de 6%)

Secretaria de Fazenda e Gestão Administrativa:
R$ 21.009.302,00 (redução de 21%)

Fundo de Assistência Social:
R$ 9.359.050,00 (aumento de 10%)

Câmara: R$ 8.803.500,00 (aumento de 24%)

Procuradoria: R$ 6.081.200,00 (aumento de 120%)

Gabinete do prefeito e vice-prefeito:
R$ 4.473.300,00 (aumento de 11%)

Secretaria de Agricultura e Aquicultura:
R$ 2.513.000,00 (redução de 3%)

Fundação Municipal de Esportes e Lazer:
R$ 2.007.900,00 (redução de 10%)

Secretaria de Desenvolvimento Econômico;
R$ 1.467.000,00 (redução de 23%)

Fundo da Criança e do Adolescente:
R$ 1.060.000,00 (redução de 2%)

 

Edição 1879

Comentários

Deixe seu comentário


Seu e-mail não será divulgado.

Seu telefone não será divulgado.