Lista telefônica

Confira dicas para viajar com seu pet - Jornal Cruzeiro do Vale

Confira dicas para viajar com seu pet

16/12/2016
Confira dicas para viajar com seu pet

Aproveitar as férias viajando é o sonho de muita gente. Para curtir o destino é sempre bom ter por perto pessoas queridas, como amigos e familiares, não é mesmo? E, se você tem um pet, não precisa deixá-lo para trás, mas deve ter alguns cuidados para garantir a segurança e divertimento dele. Confira algumas dicas:

Transporte

Antes de sair de casa é preciso garantir que seu pet irá viajar com segurança, seja qual for o meio de locomoção. Caso a viagem seja feita de carro, não deixe o bichinho solto. Isso evita possíveis acidentes e pode resultar em multa para o condutor. Há caixas de transporte especiais para os pets de todos os tamanhos. Não se esqueça das coleiras, inclusive durante os passeios quando chegarem no destino final.

Enjoos

Apesar de não expelir nada durante o trajeto, alguns animais sentem enjoo do movimento que, assim como alguns humanos, é normal durante viagens de carro, avião e trem. Para evitar o incômodo, existem medicamentos com efeito de até 12 horas.

Carteira de Vacinação

É importante que os pets sejam transportados com a carteirinha de vacinação e as doses estejam em dia. Apesar de algumas vacinas serem obrigatórias para viagens, como a antirrábica, popularmente conhecida como contra a raiva, o destino pode ser um local de incidência de doenças contagiosas. Entre elas, a rinotraqueíte felina, que acomete o sistema respiratório dos gatos, e viroses como cinomose, que pode atuar em todo o organismo dos cães.

Praia e campo

Transmitida por meio da picada de um mosquito, a dirofilariose, chamada de verme do coração, pode levar cães e gatos a óbito, se não for tratada. Por isso, se o passeio for à praia ou no campo, os donos dos pets devem ficar atentos, pois são nesses locais que há maior incidência de transmissão da doença. Não há vacina contra a o verme, mas a doença pode ser evitada com uso frequente de medicação específica, que deve ser receita por um médico veterinário.

Descanso

Assim como seus donos, os pets também precisam de paradas durante o caminho para descansar e recarregar as energias. Principalmente em dias quentes, é importante que cães e gatos se hidratem tomando água e façam suas necessidades.

Distração

Lembre-se de que a maioria dos animais não está acostumada a permanecer por um longo período dentro do veículo e, por isso, pode ser que fiquem agitados. É recomendável levar brinquedos que o pet gosta, cobertores e tudo o que o faça bem e ajude a distraí-lo.

Identificação

Tanto para viagens aéreas como rodoviárias, é importante que o pet seja transportado sempre com seus documentos e identificação, como carteira de vacinação, atestado de saúde recente e coleira com os principais dados. Os microchips implantados na pele dos animais contribuem para identificação em caso de fuga ou perda.

 

Fonte: G1