Lista telefônica

Chumbo - Jornal Cruzeiro do Vale

Por Gilberto Schmitt

17/08/2018

Os números das lombadas eletrônicas

Você sabia que Gaspar registra, por dia, uma média de 70 multas em lombadas eletrônicas. Em sete meses e meio (período desde que a nova empresa assumiu o serviço em Gaspar), foram geradas quase 16 mil multas. E, deste total, quase quatro mil foram pagas e geraram uma arrecadação de quase R$600 mil. É muito número... Confira lá na página 9 a matéria completa.

Candidaturas oficializadas

O prazo para oficializar as candidaturas dos próximos quatro anos se encerrou na quarta-feira, dia 15 de agosto. Os gasparenses contam com um representante na corrida eleitoral para deputado estadual e um representante para deputado federal. Que o resultado das urnas dê visibilidade à cidade Coração do Vale e traga muitos recursos para cá. 

Mato na ‘calçada’, pedestre no meio da rua...

Na rua Madre Paulina, os pedestres não têm espaço para andar na calçada. Isso porque a passagem está tomada pelo mato e pelo descaso. Depois de tantas idas e vindas, em junho deste ano a obra de pavimentação da rua parou de vez. Ao que tudo indica, não há prazo para conclusão da obra.

PM e escola

A Polícia Militar de Gaspar está de parabéns! Eles estão com um projeto novo que está aproximando mais a PM dos estudantes, pais e professores. É o ‘Rede de Segurança Escolar’. O objetivo do programa é que a polícia esteja mais presente nas escolas, ajudando a conscientizar a garotada a não entrar no mundo das drogas e da violência, tudo isso apenas com conversas e palestras. Já são sete escolas da cidade que participam do programa. Que esse projeto cresça e se espalhe por todas as escolas de Gaspar. 

Ouvidoria

O Hospital de Gaspar instituiu uma ouvidoria para ouvir elogios e reclamações. Coitado do funcionário responsável por esta função...

Promessa?

Em outubro do ano passado, a politicada se reuniu na porta da Igreja Santa Clara para anunciar a pavimentação da rua João Maria Scheidt, no bairro Poço Grande. Garantiram até uma emenda do deputado federal César Souza. Só que, até agora, a obra não saiu. O prazo era até a festa. A festa passou... e, nada. Só ficou a foto e a promessa feita nos pés da santa. Que pecado!

 

 

Edição 1864

Comentários

Deixe seu comentário


Seu e-mail não será divulgado.

Seu telefone não será divulgado.